domingo, 8 de outubro de 2006

Ás vezes as pessoas me perguntam: "Alain, vc curte rock brasileiro?", eu no ato respondo "Sim... Mas apenas Legião Urbana e Raul Seixas".

Infelizmente tenho que dizer isso porque o rock nesse país não presta. Estou generalizando nos mais famosos, porque infelizmente tem muita banda nascendo e seguindo o mesmo estilo de CPM's 22, Jota Quests', Skank's e afins. Digo isso porque o rock aqui começou bem, uma forma de raiva, expressão, grito pelos oprimidos e hoje não passa de uma forma de cantar o dito "amor"... ><'

Digo isso porque sou um revolucionário, e creio que um país como o nosso não deveria ficar cantando o amor em músicas fortes como o rock enquanto temos problemas bastante perturbadores como fome, desemprego, revolta e outros problemas. Cantar amor é algo de luxo, para países como Estados Unidos que já sofreram o que tinham que sofrer e hoje são um país de primeiro mundo. E mesmo assim temos bandas lá como System of a down que cantam "Why don't presidents fight in war, why do they always send the poor?" (Porque os presidentes não lutam em guerras, porque eles sempre mandam os pobres?)

Enquanto aqui com tantos problemas o pessoal fica cantarolando "Ela não é do tipo de mulher que se entrega na primeira, mas melhora na segunda e o paraíso é na terceira", ah... VÃO SE FUDER. Quem gosta de rock brasileiro gosta de bosta. É um fato. Deixamos de ouvir Legião Urbana, gênios que infelizmente virtualmente (e literalmente) morreram, Raul Seixas que criticava deus e o mundo e tentava levantar o ânimo do povo pra ouvir isso? Por isso e outras razões um dia ainda criarei uma banda de rock.

Uhuhu... Será ainda Visual Kei, heuahea... *Capota*

Claro que sim oras! Temos que vender nosso peixe, nos vestindo das formas mais loucas possíveis. Eu serei o líder, mas não faço questão de ser o vocal, faço mais o tipo do Kaoru do Dir en Grey, que manda e desmanda e quem faz sucesso é o Kyo ainda. xP~~ Cantaremos a ganância de políticos, a revolta de ver crianças pedintes nas ruas, o consumismo idiota dos dias de hoje e o mundinho que certas pessoas de trancam... Não teremos sandices como "Quando estou com você, sinto meu mundo desabar, Perco o chão nos meus pés, me falta o ar pra resp..." até cansei viu. Deprimente...

------------------------------

Mudando totalmente de assunto (vocês viram que eu até coloquei uma linha pra dividir. =X), vamos falar de J-Rock agora! Sim, agora com o meu novíssimo MP3 Player bonito que brilha no escuro. *o*~~

Gackt antes não gostava muito dele no Malice Mizer, mas talvez agora que ele tá solo está mil vezes melhor, pqp... O que eu mais curto nele é a sua voz, rouca e grossa pra um japa comum que chama muito a atenção... Estou ouvindo o álbum DiaboloS e está conseguindo chamar-me a atenção, hehe... A banda de Visual Kei Nightmare também vale a ouvida (ouvida? WTF? o.O'), rock gostoso, pesado quando precisa, leve quando necessário. O vocal então nem se fala... Gostei do baixista também.

Moi dix mois a banda do famoso Mana lançou álbum novo, alice nine. idem... *-*

Preciso deles. ='( Nem preciso dizer que agora estou ouvindo bem mais alice nine. né? Indicações? Alice in wonderland tem músicas ótimas, mas entre tudo o que eu ouvi, ainda sou fãzasso do single Namae wa mada muhi indicadíssimo by me! /o/

Vejamos... O que eu ia falar? Dos mini álbuns do Dir en grey que eu ouvi o que mais eu gostei foi o Missa, e simplesmente odiei o six Ugly, pq o som parece muito o álbum kisou e eu odeio esse álbum. >_<

Agora não sei o que postar. xP~~ Mas tentem baixar essas bandas e sejam felizes. Estou testando novas músicas aqui, se eu tiver algo de novo pra comentar eu posto. =D

Ah sim, e obrigado imensamente pelos comentários (tem gente que diz que eu não agradeço, mas estou aqui agradecendo no próprio post... xP).

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog