segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

Começando com Merry, "bandinhah du deminiu ki eu adolo!" ,heuhaeuae.. xD~~ A maioria do povo non gosta, mas eu adoro Merry. ^^ É uma boa banda, e tem um estilo único que se mantém. Não que bandas que mudem seu estilo sejam ruins, mas... Merry é Merry. =D

O layout do James Bond tá quase pronto. o_o' Tive que adiar o do Mario porque tava com medo de não ter tempo pra me dedicar igual a que eu gostaria, e acho ainda que do jeito que eu estou sem idéias vou ter que adiar novamente o lançamento... U___U' Ah, tá dificil, a perturbação tá voltando. xP~~ Bom, minha mãe tá me enchendo pra eu procurar emprego, mas azar o dela... Eu não consigo procurar ou fazer algo com pressão muito menos vindo da família. Já parei de falar com meu pai por ele me criticar e me jogar mais no chão do que tudo, não quero parar de falar com ela também... ¬¬'

Afinal, pra mim uma pessoa que joga a outra no chão não passa de um idiota que merece nada menos que a morte ou ser jogado também... Porque pessoas assim tem medo de serem jogadas pra baixo e ficarem fracas, e esse eu sei que é um dos maiores medos do meu pai sim, da minha mãe foi pela influencia dele sobre ela e a total eterna-serventia por parte dela. Eu já falei, não acredito que a serventia seja algo que seja louvável, nem por parte de homem e muito menos da mulher em pleno século XXI...

Talvez eu vá na Anime dreams! ^^ Nossa, que bom uma vez na vida "sentir-se em casa"... u_u' Se bem que eu sou solitário e ficaria andando por lá sozinho, mas... Como eu já me acostumei à solidão faz tempo, pra mim é até bom. ;D Ontem eu vi o melhor filme já feito no Brasil, O Alto da Compadecida... ^^ Eu adoro esse filme, nossa, até hoje eu dou risada e choro, é impressionante. Ontem então abri o berrero... Tou meio mal, meio triste... Enfim, os dias tão sendo dificeis. =(

Ao menos tem o blog meio que pra desabafar. Como os pais não entendem e filhos não entendem... Eu me ponho no lugar deles e os entendo. Entendo tanto que eu poderia fazer um estudo da psiqué deles facilmente, principalmente do deslocado-bebado-compulsivo de cigarro-workaholic-desequilibrado-mandão-solitário e chorão do meu pai. E facilmente da minha mãe também, que é uma eterna submissa e se eu coloco comida na boca dele posso usa-la como quiser... Apenas fazendo com que ela pensa que manda. U___U'

Agora pedir pra entender a mim não conseguem. E por mim jamais vão entender... Afinal eu os entendo sem ao menos fazer uma pergunta pra eles, e se eles não tem capacidade, paciência. Já falei, que se fosse pela educação que eles me deram, principalmente por parte do meu pai, que coça o saco, põe dedo no nariz e faz bolinha de catarro e joga, que escarra em qualquer esquina, que grita, não pede por favor e tampouco agradece... Ainda bem que eu fui altodidata na forma de educação... Sendo educado até mesmo com a família. ¬¬'

Ai... pais...

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog