segunda-feira, 30 de abril de 2007

Começando com uma foto do Sin City, simplesmente ótimo filme, dos quais é extremamente difícil de se ver hoje em dia, simplesmente por não existir.

Digo isso porque, mesmo rodado em escalas de cinza, o filme em uma única palavra: humilha. Humilha qualquer outro que seja colorido, porque filmes que significam "arte" viram ícones. Ao menos pra mim esse virou. Não tem tanto apelo comercial, e a desquadrinização, isso é, a adaptação da versão em quadrinhos para a telona, ficou simplesmente explêndida. Digo isso pq, mesmo eu não visto muitos filmes, vi bons, e é isso que de facto importa.

Gostei muito da forma que foram usadas as cores. Realmente, o vermelho do início assusta, os olhos da Becky são temebrosos, e as cenas de violência são simplesmente clássicas. É dificil de ver um filme que cause uma impressão tão boa assim hoje em dia. Sim, porque hoje em dia meus caros, mesmo todos sabendo disso, existem pessoas que infelizmente não sabem que o que todos querem é ganhar dinheiro, e que boêmios jamais existiram, e Jim Morrison morreu. =(

Sim, vivemos num mundo triste. Sabe, acho que a tristeza é algo que faz parte do ser humano, assim como o amor talvez. Acho que mesmo que a vida sempre melhore, sempre haverá algo que fará as pessoas tristes, porque a tristeza é algo tão humano e até mais humano ainda que o amor, que tantos veneram como a característica e o sentimento digno humano.

Sempre pessoas sofreram, mas não sei, Uma vez eu tava vendo Jake Long - O dragão ocidental e consegui tirar um pensamento legal em um episódio deles. Acho desenhos animados infantis simplesmente bárbaros, exatamente por ensinar às crianças grande parte do be-á-bá da vida. Num desses episódios o Jake (protagonista) tem que tomar conta de duas meninas que prevêem o futuro, uma prevê apenas coisas boas, e a outra apenas maus agouros. E a que prevê coisas boas sempre fica mal-humorada, enquanto a que prevê coisa ruim tá sempre feliz. O Jake pergunta o motivo e elas respondem:

A que prevê coisa boa vê tanta coisa boa que tá cansada de ver coisa boa e nem mais fica feliz. Enquanto a que só vê coisa ruim, quando vê uma coisa boa fica sempre feliz. É estranho isso, mas sempre vejo pessoas que têm tudo na vida, e são tristes. Têm pessoas que apenas sofrem mas sempre tentam manter um sorriso nas suas caras, exatamente por uma vez que não têm coisas boas acontecendo sempre, quando acontecem ficam sempre muito feliz.

Cara, isso é pra pensar, juro. o_O'

E num BLOG! EHuaheuhae... Que lugar pra pensar heim. Logo blogs, em que todos postam o que bem entendem (leia-se fofocas, amores e etc)... Engraçado isso sim.

domingo, 29 de abril de 2007

Hoje resolvi postar mais uma vez coisas que eu penso, e as quais eu carrego como verdades pra mim. Resumindo: vamos colocar filosofias minhas, heuahea...

Hoje quero falar de algo um tanto difícil de se falar, que afetam muitos jovens e até mesmo adultos. Hoje falarei de auto-controle. Coisinha complicada né? Bom, vou lhes contar pq resolvi vir falar disso. Como eu sempre digo, ador observar o comportamento humano. Ver vocês, criaturas tão carnais e tão próximas dos animais, me faz sempre crer que o divino é exatamente o seu oposto. Estava eu, na aula de direção, e com o professor de condução do meu lado enquanto voltavamos para a Auto-Escola. Ele tava lá, feliz da vida falando no celular com um amigo dele, e contando uma espécie de 'Aventura Sexual'.

Nessa aventura ele dizia que estava na casa dele e tal, acho que talvez alguma vizinha ou algo do tipo (ainda vou tentar criar a capacidade de fazer duas coisas ao mesmo tempo bem! xD~~ Pq não sabia se prestava mais atenção na avenida ou na conversa dele), onde ele estava conversando com ela, e quando ele viu, já estava em, termos coloquiais, ponto de bala (ou como ele disse, quase entrando de bambú), quando ouviu uma perua (microônibus) trazendo a sua noiva e ele teve que guardar a... O pênis dele pô, e dispensar a perua (aqui, isso significa a mulher que ele quase comeu...).

Mas acho engraçado o fato dele já ter mais de 30 anos e três casamentos nas costas e ainda uma filhinha. o_o'

Sabe, nos tempos de hoje é díficil ter auto-controle, mas acho que no tempo todo em que o mundo é mundo sempre foi assim. Eu lembro uma vez em que eu tava conversando com a minha irmã, logo depois que eu comecei a dar aulas, e ela disse "Ah, mas se uma aluna se apaixonasse por você?", e eu respondi "Com certeza, daria um jeito de contornar a situação. Isso é antiético!", e ela retrucou "Ah, mas se ela estivesse lá, totalmente nua numa sala escurinha só te esperando?"...

Hahaha... Não estou censurando, e tampouco criticando a minha irmã. Tenho dois olhos e sei, quase todo mundo é assim. Eu vejo o que todos dizem, ouvem e ás vezes até pensam, e vejo que manter não apenas uma compostura, mas ter um auto-controle não passa ser algo que são de pessoas que chegam a ser fracas. Vou dizer, eu não tenho auto-controle com algumas coisas, mas eu tento desenvolver. Minutos atrás estava quase chorando no orkut por uma amiga que eu estava super afim estar realmente tão afim do cara (um roqueiro com mais cara de mulher que eu que se acha por gostar do Pink Floyd) a ponto de por seu status de "casada" e mandar scraps e depoimentos melosos um pro outro. Ficar triste? Quase chorei, mas agora cá estou firme e forte.

Já passei por grandes fiascos na vida, mas tem pessoas que passam e não parecem apreender nada. Eu aprendi a ter auto-controle, seja com mulheres e até quando estou com raiva ou ansioso. Cada um descobre a sua maneira, mas para isso tem que acima de tudo querer. Pessoas fracas, que se preocupam mais que o seu hoje do que com o seu passado ou futuro não conseguem ter isso pq pra eles o que vale é o momento. É a cultura doCarpe Diem fazendo mais e mais vítimas.

Não sou a favor do "Deixa pra aproveitar amanhã, pq vc não sabe o que vai acontecer" e tampouco do "Aproveita hoje pq não sabe o que vai acontecer amanhã". Acho que todos devemos avaliar os momentos e agir certo na hora certa, sem ter medo do amanhã ou algo do tipo. Eu digo pra todos, se eu morrer amanhã, morro feliz. Se bem que, duvido que morrerei da forma que eu quero, mas pode ter certeza que de lá de cima estarei sorrindo. E até feliz.

Aproveitei o que teria que ser aproveitado, mas nunca deixando de ser eu mesmo, o que é mais importante. Não tinjo o cabelo pelo que os outros falam. Não emagreço pelo que os outros falam. Não sou quem eu sou pelo que os outros falam. Pessoas tímidas têm o hábito de beber, e em festas ficar bêbado apenas pra que? Chamar a atenção? Trazer respeito? Eles no fundo têm vergonha de si mesmos, e sabem se beberem talvez não seja por aquele gosto mentolado descendo pelas suas gargantas, mas sim pra ficar mais "transado", no sentido jovial da palavra.

Pra ilustrar isso, ninguém melhor que Bond, James Bond, que mesmo já passado dos quarenta nunca aprende. Tsc, tsc, tsc. Aprendam com o que a vida lhes ensina amigos. É apenas isso que tenho a lhes dizer.

sexta-feira, 27 de abril de 2007

Nossa... Que demora. Mas foi intencional.

Bom, mas voltando ao assunto... Vamos relatar mais uma das aventuras do Alain e seu dia-a-dia corrido. E olha que eu nem estou trabalhando. Bom, fim de semana equivale a tédio. Até aí tudo bem... Nem trabalhos da faculdade eu faço, porque eu sou dos "I love fazer porra nenhuma!" e somente o fato de fazer nada no fim de semana já me deixa feliz.

Na segunda a semana já começou sossegada. Até demais. Foi um dia só pra definir o trabalho de psicologia e fazer a maquete de Projeto experimental. Que alias ficou muito show de bola. *-*~ Ainda bem que eu nem ajudei, porque não entendo nada disso e sei que não seria satisfatório se eu colocasse nem que fosse um dedinho lá!

Na terça ainda teve aula de direção e de lá fui direto pro Senac. Cheguei lá, fiquei um tempinho com a Renata e o Ricardo e fomos comer, aí chega o Mateus desesperado atrás de Nanquim, pincel e pena. E lá vamos nós nos aventurarmos pelo Largo Treze de Maio procurando uma papelaria bacana para comprarmos os pincéis e afins. E eu comprei uma pena e consegui desenhar um vulgo-pseudo-quase mangá numa folha (eu fiz a Zelda, ehauheuhea...). Teve nu de novo, mas agora foi uma tia menos avantajada de corpo, mas tudo bem. Semana que vem será homem, e aí virá o pesadelo.

Mas não é por machismo não, longe disso. Corpo masculino em si é MUITO mais complicado, quem desenha já algo sabe. Mulheres são lisas, como eu digo, são muito mais orgânicas. É como se fosse uma tábua arredondada com duas bolas em cima e um calombo embaixo (lê-se busto e quadris). Agora homem é infinitivamente mais geométrico, por ter peitoral mais definido, músculos e bolotas em toda parte da barriga e... Enfim. Pesadelo? É... Quem quer coisa fácil desenha mulher, se quer complicar, desenhe homem.

E vamos fazer mais um áudio visual de fotografia, só que agora uma espécie de reportagem policial, ehauheua... Vamos ver no que vai dar. Isso foi na quarta...

Na quinta, ontem, primeiramente antes de tudo gostaria de agradecer imensamente à Cris por ouvir meu passado e guardar segredos. Sabe não gosto nem um pouco de falar do meu passado, e mesmo quando eu falo não dou uma excelência em detalhes até porque tem coisas que doem só de lembrar, contar então nem se fala. Mas agradeço à ela pela atenção e por não ter achado que seria apenas mais uma estória de amor que não aconteceu comigo, porque não foi. Nem esse impacto teve em mim, portanto eu lhe agradeço pela seriedade e pela atenção. Muito mesmo.

Tirando isso foi tranqüilo. Photoshop, Illustrator, enfim... Por aí vai.

Ufa! Resumi a semana inteira em apenas um texto. Como hoje não quero falar de mim, quero falar apenas um pouquinho do Áudio Visual que tanto trabalho me dá. Primeiramente, que está ótimo, obrigado. Tirei milhões de fotos na segunda-feira e consegui aproveitar quase todas. Só pra vocês terem uma idéia, pra chegar até onde eu estou no decorrer do trabalho, isso é, nos 3 minutos e alguns quebrados, tive que tirar mais de cem fotos. Parece muito, mas não é. Isso sem contar as fotos que eu peguei simplesmente porque "era boa, mas não era ótima", por aí iria mais 200 até eu acertar foco, enquadramento e coisas afins. Ta saindo uma coisa bem profissional, e embora não esteja me agradando 100%, pras pouquíssimas pessoas que eu mostrei ele têm agradado, e espero que me rendesse um globo de ouro, quem sabe...

A professora falou que deveria me satisfazer, enfim... Quero é passar a mensagem e explicar um pouquinho quem é o verdadeiro eu. Talvez esse vídeo explique um dos meus maiores defeitos, que eu admito firmemente que eu sou embora nunca feito nada pra diminuir isso! Hehehe...

Amanhã irei tirar algumas fotos na Estação da Luz e na Pinacoteca do Estado/Parque da Luz. É um lugar calmo que tem como tirar fotos bacanas, e espero não ser roubado. Eu to aqui vendo o quanto de trabalho monstruoso isso ta me dando, e espero sinceramente que isso diminua, nem que seja um pouquinho. >< Vou agilizar a conclusão, aí terei mais tempo pra ver se saiu mais ou menos como eu queria ou não.

Vamos ver no que vai dar. =P
Grato pela atenção, e se despertei curiosidade em vocês terei completado meu objeto! Hahaha!

Apenas para terminar, gostaria de prestar a homenagem póstuma para minha gatinha, Anita. Que infelizmente acaou falecida nessa última semana. Morreu no sábado, envenada talvez, e encontramos o seu corpinho nessa quarta. Anita, quero que saiba que, aonde você estiver espero que esteja bem. Até você chegar, eu odiava gatos, mas quando te conheci vi que são animais que não são tão rabugentos igual todos dizem, e digo mais, você foi um dos melhores animais que eu tive. Mesmo você querendo subir toda hora em mim, depois de tanto carinho e 'ronrons', mesmo depois de tantas vezes você sumir e aparecer deitada no meu quarto onde guardo meus mangás, porque talvez era lá que você saberia que eu sempre iria, e mesmo depois de tantas emoções quando eu, deitado na rede no quintal ficava lendo meus livros e você pulava dentro da rede e deitava ternuramente sobre mim. Mesmo quando o livro era chato e eu agarrava num sono você sempre dormia comigo, e enfim. Você deixará saudades, muitas saudades.

Lembrarei pra sempre o dia em que você chegou, quando de madrugada eu acordei e ouvi barulhos de algo caindo no telhado como se fosse uma grande pedra ou algo do tipo, e chegando ainda bebêzinho perdido no quintal de casa. Sei que você caiu do céu, e agora sei que volta feliz de onde veio. Lembrarei sempre de ti.

Anita



* - 18/01/2006 
+ - 21/04/2007

sexta-feira, 20 de abril de 2007

Sim, foi um dia perfeitoso!

Ehaheuea... Tava com saudades dessa mocinha. Alias, ela é uma mocinha que além de eu ter uma admiração devota sobre ela, ainda é uma pessoa admirável, que... Pasmem, descobri hoje... Ela é capaz de cortar o próprio cabelo! HEuhaeuhea...

Essa fotinha foi tirada hoje depois de terminarmos o ensaio para o meu trabalho de fotografia (caso queiram ver a outra foto, clique aqui e acesse o fotolog) e venho agradecê-la à paciência, a ter emprestado a casa, às risadas e até a emprestar maquiagem e secador. E fazer um penteado rocks em mim tb, ehauheuaea...

Ela tá parecendo uma metaleira meio light, ehauheuae... Não sei pq, mas ela tá um pouquinho sim, hehe... Sim! Uma amiga muito especial, e uma pessoa que eu considero e adoro de paixão. ^^ Por isso, vou agradecer à mãe dela tb que deu uma mão nas fotos e dedicarei minha nota para as duas. *-*~~

Ah, a foto que está colocada aqui, clique para amplia-la. Mas agora tô em débito com ela, ehuaheuahea... Espero que ela não cobre ou seja algum tipo de carrasca heuaheuhea.. =XXX

Tirando isso, foi um dia normal. Alias conversei bastante com a Nazaré, a mãe dela que eu adoro e ela sempre me dá conselhos fodões. HEuhaeha... Se ela quiser me adotar um dia, tamos ae! o/ Mas desculpe ao pessoal da facul se eu tava meio triste, mas... Acontece. Mais informações, postei um textão no fotolog (e pra quem quiser saber pq eu tava meio triste a noite pode ler tb. =D).

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Minha foto no orkut, ehauheuahe... xD Bunitinho heim? ;D

Amanhã será um dia feliz! \o/ Amanhã verei a Naiara! /o/ Faz tempo que não a vejo! Estou muito feliz. =)

Segunda quinta-feira consecutiva que terá algo foda pra fazer. *-*~~ Quinta passada o cunhadão deus as caras e tal.

Hoje eu tou exausto, por isso dêem um desconto. Hoje, aliás, enfim depois de um bom tempo criei coragem de ir fazer as aulas de direção, heaheuah... Mas foi sussegado, alias já estou pegando as manhas já, mas o que eu queria era um carro pra eu fazer uns testes de marcha, juro que entregarei inteiro, mas não garanto o intacto, ehauhea... Alguém topa? =P

To zuando, ainda dá pra fazer os testes lá na Auto-escola mesmo. Eu acho que eu ainda escrevo demais, heauhea... Devo escrever menos pq o pessoal não lê. Mas se lê aqui vai meu 'muito thank you'! Hoje tá quente e eu odeio calor. ><' E pra variar será o ano mais quente, e oh-my-God... Tem época que é pra tudo dar errado.

Mas vamos torcer pra que algo dê certo, huh? ;D

Eu to sem saco pra postar filosofia hoje, então vou então citar algumas coisas interessantes. Sabe, eu gosto de blog por causa disso. Chega a ser impressionante a capacidade nossa de mostrar a nossa vida, e eu indico a todos. Mas não pra fofoqueiros - que diga-se de passagem, sempre existem - mas também para que todos nós vejamos que nossas vidas são tão excitantes quanto imaginamos.

Sim, são detalhes que dificilmente nós citamos, ainda mais quando estamos deprimidos ou algo do tipo. Ontem foi interessante... Tivemos aula com modelo viva. *-*~~ Até que bonitinha, mas pqp... Ver um corpo, assim, posando (tirando outras err... Outras oportunidades que nós sequer nos importamos do formato da musculatura que reveste o ante-braço ou sequer ligamos pro resto, pq estamos preocupados é com a "outra coisa", heauheau...) me deu muito conhecimento que nenhum livro de anatomia humana havia me revelado até hoje.

Sabe, é impressionante como esse corpo é simplesmente foda, e o melhor, útil (menos a appendix) e que é tudo lá no lugar e tal... É meio idiota ás vezes, mas isso me lembra a citação do saudoso Walter Gropius, fundador da Bauhaus, que diz que a "beleza do corpo humano está na utilidade". Daí venha sua vocação para o útil que "torna-se agradável", e foi uma experiência e tanto, que revista de mulheres nuas nenhuma dá.

Quer saber, vou retomar meus estudos de anatomia... Me interessei do nada também em exumar um corpo pra saber como é a estrutura muscular, mas como eu tenho medo disso e tenho estômago fraco, heauheau... Acho que vai ficar pra uma outra ocasião. =P

Lembro uma vez que o pessoal do colégio foi para a UNISA, Campus lá perto do grajaú... Só sei que era longe, heuahea... E lá eles foram ver corpos humanos e eu não aguentei e além de amarelar, consegui despistar todos e espera-los do outro lado, na saída do prédio, heuaheuaheua... Foi engraçado ver a cara deles. Eu tenho MUITO medo dessas coisas. Isso e fantasma e/ou coisas sobrenaturais. Não sei explicar o porquê, mas talvez seja pela minha pseudo-mediunidade... =P

Mas isso fica pra outro dia, ehauehuae!

terça-feira, 17 de abril de 2007

Ontem teve um ataque de um universitário numa universidade na Virgínia, nos Estados Unidos, tendo 32 vítimas. Na verdade esse é apenas o ponto de partida da discussão que quero fazer aqui, e não vou defendê-los e tampouco culpa-los. As família desses tantos estudantes devem sofrer demais pra ter um mero blogueiro brasileiro falando mal deles ou do país deles (embora eu odeie os Estados Unidos e seu sistema de vida e de sociedade). Também não pretendo ficar dando uma de aproveitador da situação pra tentar por audiência no meu blog nem nada do tipo. Vim aqui falar de algo que remeta um pouco ao assunto depois que eu vi um jornalista falando disso na TV.

Agora já descobriram que o autor dos disparos era um Sul-Coreano, mas até ontem de noite ainda não havia ainda a certeza de quem fosse o homicida. Disseram que certos desvios comportamentais podem criar pessoas assim, e que tais problemas surgem ainda na família. Achei essa citação interessante e resolvi refletir um pouco sobre isso.

Como alguns me conhecem, tenho uma situação familiar... Delicada. Principalmente com o meu pai. Não, longe de rebeldia adolescente, até porque estou velho para isso. Não vou negar que o cara fez muitas coisas boas, foi um bom sustentador, dando-nos o de bom e o melhor em questão material. Mas pecando e muito na área emocional. Quantas e quantas vezes fui pra cama chorar por causa dele, e mais quantas vezes depois dele tanto discutir e me humilhar senti-me o mais derrotado da face da Terra, e os traumas da minha vida que foram colocados por ele ainda na minha infância, sem contar a extrema noção de perfeição libriana que eu odeio que ele tem.

Aí lembrei que isso vêm de uma estrutura familiar que não tem força para formar um ser indíviduo em sua totalidade. Meu pai é apenas um mero fantoche nessa brincadeira, e que seus traumas foram lançados há muito tempo em sua juventude por ninguém menos que o meu avô, um tirano careca qualquer, que o humilhava, o fazia fazer trabalhos e coisas afins e hoje todo esse sofrimento que ele sofreu ele ergue como um troféu.

Na minha busca pela verdade humana eu sempre vejo que mais e mais pessoas coroam o sofrimento. Mas não vêem que o sofrimento vem apenas para fazernos sofrer? Não me venham com demagogias dizendo que é o sofrimento que faz a pessoa crescer. Hoje vejo meu pai e sei de seu comportamento exatamente por isso: é uma pessoa instável, perfeccionista, de baixa auto-estima, de autoritarismo que é difícil de acreditar que exista alguém assim nos tempos de hoje, além de não educada, não cavalheiro e tampouco sabe dar o amor, o verdadeiro amor. E nos dias de hoje ao se ver velho e começando a enxergar que o dinheiro não traz felicidade tenta de alguma forma consertar um erro que vem sendo repetido em geração em geração.

Apenas três pessoas sabem pelo sofrimento que eu passei ano passado por uma certa pessoa (aqui não foi meu pai). Como apenas essas três pessoas sei que guardarão segredo, ou no máximo contarão para uma ou duas pessoas mais próximas sei que não ficaram falando por aí sobre mim. E me recuso a erguer isso como um troféu, afinal isso me trouxe angústia, frustração e outras coisas más. Se eu pudesse apagaria isso com borracha e jamais tocaria ou sequer lembraria do assunto.

É isso que eu penso. Hoje, meu pai é uma pessoa que tenta estabilizar-se e pelo tamanho de seu grande nariz não vê que o erro muitas vezes está dentro de nós mesmos, e não mudando seu filho. Eu tenho uma vivência, ele outra. Infelizmente muitas coisas da criação dele foram herdadas pelo meu avô. Eu me pergunto como ele se orgulha do pai dele ter tido o ato completamente idiota de roubar a pipa dele e segurado-o pelo braço e ter mandado ele trabalhar. Talvez tenha o ajudado a ter uma noção do valor do dinheiro, mas o que ele perdeu foi muito mais do que ele ganhou.

Afinal aí foi trabalhando que ele viu, por exemplo, que com o dinheiro dele ele poderia atrair mulheres. Afinal, foi esse motivo que minha mãe me contou uma vez há muito tempo atrás que casou com meu pai - exatamente por esse seguro monetário que ele teria. Logo ele viu que com o dinheiro ele poderia enfim dar o amor que ele nunca sequer recebeu, seja do pai, um grande carrasco ou de sua mãe, que morreu cedo. Hoje, ele vê-se num dilema comigo, seu filho, que tenta colocar na cabeça dele que dinheiro não é tudo, e que dificilmente comprará o meu amor por ele. Coisas materiais acabam, desgastam, apodrecem. São frias, gélidas, imóveis... Já o verdadeiro amor, seja materno, paterno, fraternal ou romântico é algo eterno que só enriquece com o tempo. Exatamente por ter sido uma pessoa que dava de um lado videogames e tudo mais, por outro virou uma pessoa que comandava tudo diretamente do seu trono, interferindo em nossa vida e nos manipulando ao seu bem-entender.

Até hoje tenho trauma de jogar cabelo pra trás. Além de ficar um pouquinho parecido com ele, isso me lembra uma vez que ele pe puxou pro cabelereiro e mandou o cabelereiro cortar meu cabelo pra trás, do nada, como se crescessemos de um dia pro outro.

E eu penso aqui, como ainda não virei um assassino? Como ainda não virei um maníaco? Poderia eu ser um dos assassinos da faculdade? Não sei... Talvez seja essa minha individualidade que me salvou.

(ah, a foto é do livro do Eragon. LEIAM! Vale a pena. =D)

segunda-feira, 16 de abril de 2007


Outra foto em que eu saí no trabalho de fotografia! Sabe o que eu gostei? Meu cabelo. *-*~~ Está enormemente vermelho, huhuhu!

EHuhAEu... Claro que não foi isso só que eu gostei né? ><'

A Cris alí ó! Eu sentado no colo dela, heuaheuhe.. xD Bom, "o que dizer na Cris?". Antes que isso que está em aspas pareça um dos muitos depoimentos do Orkut onde a pessoa pensa no teclado para adicionar 20 caracteres e fazê-lo render mais, vamos lá para a Cristina Ayako, essa menina simplesmente foda que eu conheci na faculdade. Bom, primeiramente que nos conhecemos bem digamos por acaso, ao menos fora assim as primeiras palavras que trocamos, heuaheua... Meio que a base do "Ah Cris, então essa é a sua árvore do conhecimento?", hehehe... Acho que isso que a memória mais puxa de longe nesse momento.

E desde então nossa amizade só tem crescido! /o/

Ela fala igual a baratinha, heuaheuahea... To zuando Cris, ah, mas até que ela gosta. =P Ela na categoria beleza oriental eu a deixaria no meu Top #5, isso de todas as japas que eu já conheci e que eram lindíssimas (e não são poucas não!), mas tirando o esquema da beleza ela é engraçadíssima e apaixonada pelo namorado dela. =D Que parece ser gente finíssima, espero um dia conhecê-lo! ^^

Alias, esse é um casal que eu torço pacas. Se tem casais que eu torço pra acabarem? Ah, sempre tem, heuheua... Mas ela e o João parecem ser bastante felizes. Sabe aquelas fotos legais de namorados juntos, em que só de olhar a foto dá pra ver o quão felizes os dois estão, a ponto de mostrar bem aquele brilho do olhar, sabe? =P

Olha, eu não acredito em amor, mas vendo os dois dá vontade de acreditar. Mas novamente desviei de rota na conversa e quero agradecê-la por ter postado a nossa foto no fotolog dela. *-*~~ Primeiro que, enfim posso pegar a foto sem esperar ou sequer entrar no MSN! É essa segunda aqui. =)

Bom, ficou meio forçado, mas hoje estou muito feliz. Verei a Naiara na quinta, huhu... Faz tempo que não a vejo. E virem esse olhar de "ih... Tem coisa ae", pq temos um relacionamento casto e púdico, ehauehua... To zuando, quer dizer... É verdade. Nunca deixamos de ser bons amigos, mas ela é uma pessoa que me entende bastante e foi ela que me ajudou durante a que eu chamo de "Grande Depressão", me dando conselhos, e de uma forma um tanto estranha, apenas do fato de nós sairmos, me ensinado a viver. =)

hahahha... Talvez um dia eu vos conte. Tenho várias coisas pelas quais eu passei que não quero compartilhar com ninguém. Acho que talvez a partir do momento em que eu compartilho com alguém experiências ou vivências que eu tive com certas pessoas eu me sinta meio... Deslocado. Não sei bem explicar, é como se uma parte de mim eu tivesse dividindo com alguém, e sei que se as pessoas souberem de certas coisas que eu chamo carinhosamente de "pecados" vieram a tona, sei que muitos jamais me verão da mesma maneira. =(

Alias, essa minha foto da Cris me LEMBRA muito uma foto que eu tirei com a minha mãe, ehuaheuhea...

domingo, 15 de abril de 2007


Cinco dias sem postar. o_O'

Ah, mas foi mal. Na teoria eram 4, mas pra dar desculpa eu sou bom heim, hehehe... =P

Bom, então vamos retomar o tempo perdido. =) Sabe quando você pensa que tudo é pra dar de errado, e vc fica se remoendo de uma espécie de ansiedade com pré-frustração? Pois é, odeio sentir isso, heheh... Mas eu senti. Pra ser sincero eu sempre nesses casos, como já estou acostumado pelo o que eu já passei em vida, tento sempre manter uma espécie de pensamento positivo de que tudo terminará bem, e que tudo passa.

Ao menos agora eu vejo que deu certo manter esse pensamento! Pensei que ficaria detonado de cansado, e de facto estou, mas apenas isso. =P Na quinta foi um dia muito bom e como diria uma amiga minha, um dia perfeito. =P Mas como não acredito em perfeição, exceto eu mesmo que sou a perfeição humanizada, logo como seres humanos nunca são perfeitos eu sou uma antítese disso (profundo, huh?), portanto deixaremos de lado a terminologia pra designar o dia e vamos ao que ocorreu!

Ele veio! Rodrigo Truppel, de acordo com o Orkut, meu cunhado, o namorado da minha amada maninha! \o/ Sim, foi foda. *-*~~ Alias, cheguei lá meio cedo, lá pelo 12h30... Marcamos ás 11h30, pq o vôo tava previsto mesmo pra esse horario, mas ao invés de pousar em Congonhas ele pousa em... Cumbica (o aeroporto internacional de Guarulhos)! Pra ter uma idéia da distância seria como cruzar a Grande São Paulo do extremo nordeste até o centro-sul... Levaram 2 horas, heuaheua... Mas eu fiquei até que ocupado, desenhando, tirando fotos e uma delas fodástica (é essa que está sendo mostrada aqui, clique nela para ampliar) do Hotel dele e tinha umas nuvens num formato simplesmente FODA *-*~~ E eu achei, putz, composição perfeita. E ficou assim. Sem montagem nenhuma no Photoshop heim!

Fomos á Galeria do Rock (finalmente!) e ficamos lá dando algumas voltas e conhecendo o local. Ele comprou um Cd original baratíssimo (alias, é o mais se acha lá) e eu umas duas camisetas que eu estava afim. =) Pena que foi pouquinho, ele é um grande amigo e uma pessoa que eu prezo e muito. =) De lá fui pra faculdade e ele foi à Liberdade comprar espadas de bambu pra um treino de kendô dele. =) Espero que venha novamente! E se ele precisar, como sempre, estamos ae. XD Menos pra dar moradia pq minha casa é um cafofo mínusculo no Capão Redondo. xD

Nem tava com tanto saco na quinta, alias tava bem detonado. Ir ao centro detona com qualquer um. Ainda mais meu azar de ir sempre na Galeria do Rock quando está ensolarado, logo aquele forno se duplica e até triplica. ¬¬ E pra variar odeio calor, mas a vida continua (acho que tive até febre mais à noitinha...) e na sexta tive que fazer tudo correndo pra ir no serviço dar duas aulas seguidas. Mas foram ótemas, conheci a professora Marcela do Excellent Global e ela parecia MUITO com a minha tia Cláudia, nossa. xD~~

Pensei que fosse até algum tipo de espião, sei lá, heuaheau...

Mas depois de três aulas até que a garganta agüentou firme. Ainda na aula foi sussegado, ainda estamos definindo alguns passos da Máquina de Rube Goldberg. Sim, faremos uma. o_O' Na hoje no sábado foi aula de pintura e... Tcharam! Casa do Eduardo com uma festinha do pessoal da faculdade. =) Sabe, eu me enturmei bastante e espero que continue assim e não fiquei igual à UNIB, hehe, em que era odiado por muitos e amados por poucos, mas esses poucos ao menos eram grandes pessoas. =)

Eu não bebi. Até porque não bebo. Mas talvez as pessoas não imagem o porquê da minha aversão ao álcool, e muitos sequer viverão à descobrir. Mas para eles fica a pergunta se, convivessem com um certo problema durante quase toda sua vida, arriscaria mesmo assim? =)

A explicação fica pra outro dia.
E valeu Rodrigo pelo excelente dia. =)

terça-feira, 10 de abril de 2007

Esse é um leftover do trabalho de fotografia!

Só que não é o do audiovisual, mas tá valendo. =P Graças a câmera do Ivo fodástica saiu isso. *-* E eu gostei, eu que dei a idéia tb. \o/

Só que saiu escuro pacas e não ficou exatamente como eu tinha imaginado, mas a escuridão deu um toque a mai que eu gostei. ^^

Tirando isso... Huhu, quinta-feira meu cunhado virá. *-*~~ E iremos à Galeria do Rock! Yeah beibe yeah! Falta pouco, huhu. Ansioso? EU? HEuhaHe.. Nem tanto, mas não consigo disfarçar. Hoje tentei ir comprar o bendito grafite integral 6B mas NADA. Isso me deixa nervoso, ainda mais quando eu vou numa bendita papelaria chamada CLASH que só tem tamanho e material escolar infantil. Se aquilo investisse em material universitário, nem que fosse pra ficar parado, iria render bem mais, pode apostar nisso.

Próximo layout em andamento. Alias, enfim entendi o mecanismo do Flash pra usar em blog. O negócio é apelar mesmo. =P Mas tirando isso, não fui ainda quebrar muito a cabeça...

Hoje o clima está ótimo. Eu adoro esse friozinho do outono. *-*~~ Cara, enfim um tempo em que pessoas possam viver, porque é realmente frustrante viver em calor, nasci no país errado sim. =P Sem contar que eu deveria fazer uma planta da maquina de Rube Goldberg e fiquei meio ocupado (leia-se agarrou num sono e não soltou mais...).

Uma semana sem aula de direção! \o/

Ai, ai.. Quem diria, mas tudo de errado deu enquanto aprendia a dirigir, ehuaheuhae.. xD Eu sou fodão mesmo, e daí? ;D
Deixa eu ir me arrumar pra ir pra facul. o/

Bon voyage!

segunda-feira, 9 de abril de 2007

Opa! Perdão a demora. =P

Alias, cinco dias sem postar! Já é dia 9, e o ano tá demorando a passar. Alias, acho que sou o único na face da terra que vê o tempo andando devagar. Leva uma eternidade... u_u'~~

Demora tanto que tem horas que dá vontade de apertar o Fast Forward do controle remoto e acelerar a birosca. Ou quem sabe fazer igual ao Link no Zelda: Majora's Mask e tocar a Canção do Tempo e voltar ao inicio do primeiro dia, ehuaheua... Cara, hoje de manhã foi muito... Sinistro, mas no sentido literal. Eu acordei ás 7h30 sem sono. o_O' Dificil de entender (ainda me pergunto como isso aconteceu) e fui comprar pão pro café. Me senti meio viajado, parecia que tudo era algum tipo de ilusão cara.

Meio que: se eu ir por aqui vou cair em outro mundo... Não sei se foi pq eu tive alguns sonhos sinistros (outra vez no sentido literal) durante a noite ou sei lá o quê. É extremamente dificil eu me lembrar o que sonhei. Sei que sonhei, só que não me lembro o quê. Outra vez eu sonhei que estava dirigindo um carro... o.O Bom, Freud explica que sonhos com carros, especialmente quando você está dirigindo é que você está no rumo certo da sua vida. O lado místico diz é que terão mudanças em casa ou familia... o_o'

Em outro site, alias é a segunda vez que eu sonho com carros e me recordo, dizia que eu iria mudar de estado civil, ehuaeuhae... xD

Foto do filme, ou minisérie ou o que quer que você chame das Brumas de Avalon. Alias, saudades de rele-lo. É um dos livros que eu mais indico a qualquer um, pena que não falo muito de livros pq eu os devoro... i.i~~ Mas é simplesmente lindo, e uma obra de arte principalmente pra mim, um amante da mãe Britannia, a Grã-Bretanha tenho que curtir os mitos de lá também né? ;D

Se bem que eu acredito que o Rei Arthur realmente existiu e que Avalon ainda está lá. =)

quarta-feira, 4 de abril de 2007

Cara, que felicidade!

Hoje fui na dentista e... Tcharam! Próximo mês será o próximo e... Último! Ao menos com o fixo. =P Depois virá mais dois séculos com o móvel, ah mas ao menos será algo diferente. Não que eu não gostei, não que eu tenha sofrido (de facto, foi MUITO mais tranquilo do que sequer eu imaginaria...), mas é bom ver um esforço de hoje que irá se propagar e continuar surtindo efeito durante o resto da vida!

Alias, foi isso que eu tive em mente quando pus o aparelho. Um sofrimento de hoje justifica o resto da vida inteira com os dentes em seu devido lugar e agora nenhuma vergonha de sorrir. Se bem que quase ninguém percebia o erro dos dentes, mas agora é perfecto. Bom, estou cheio de coisa pra ler. E sim, pretendo termina-los nesse feriado, nem que seja apenas dois. Um deles é um livro do próprio Kandinsky, intitulado Curso da Bauhaus, e o outro é escrito por ele que foi diretor da Bauhaus, Walter Gropius, só que esse nem é tanto na área de design, e sim meio que voltado para a arquitetura, chamado de Bauhaus: Novarquitetura. Estou lendo esse e já estou hoje na página 50. Tou até que rápido, heim!

Ah, a foto é o Ivo! HEUAEuhe...

Parceiro da faculdade, parece meio King Kong quando ele agarra a menina lá, e a careta que ele fez foi totalmente ao acaso, e ficou muito perfeitoso, heauheau... Ficou muito boa mesmo. =) Falando em fotografia, hoje terá os esquemas de fotografia e estou cruzando os dedos pra que estejam prontas já. o_O'

Depois mostro as fotos pra vocês.

Sabe uma coisa BOA? Estamos começando um ano sob influência de Júpiter. Ano ótimo pros sagitarianos, mas claro que nós leoninos e nossos parceiros também de fogo arianos iremos aproveitar. Parece um ano que finalmente as coisas irão entrar nos eixos, ao menos pra nós, hohoho! Podem morrer de inveja, como diria não-sei-quem: now it's our turn!

Nesses dias tava com desejo de comer M&M's, já foi satisfeito o desejo. Agora estou morrendo de vontade de assistir os dois Pirates of the Caribbean e rever Jack Sparrow e as emoções que senti quando assisti o Dead's Man Chest e nem foi quando eu vi o Dave Jones, ehauehua... (se a menina com quem estou referindo a isso ler, eu deixo você me matar. Mas só você pode isso =D)

É dificil ver como pessoas ás vezes encontram a felicidade mas mesmo assim se vêem meio que incógnitas, fracas, e são rapidamente influenciadas (toda hora que eu falo influência, eu lembro de influenza nome do vírus da gripe...) por fatores do passado e logo se vêem caídas novamente em depressão e em coisas afins. Citar nomes como sempre, nunca, mas pense nisso. Eu sou uma pessoa cheia de pecado, por isso mesmo acabo me culpando, e com louvor e com motivos pra isso. Mas pessoas sem pecados não deveriam ser assim.

Não mesmo. =(

terça-feira, 3 de abril de 2007

Olha o Senac at night, heauheua... xD

Logo na entrada tem essa árvore gigantesca, e de noite ela é super iluminada, aí dá pra ter bastante destaque, é fascinante. Foto tirada na sexta-feira, a Renata tava ali do meu lado, hEiuaheiuHEoeEa... xDDD

Nossa, eu acabei até esquecendo o que aconteceu na sexta-feira dia 29. Eu encontrei no trem ninguém menos que a Bia! Nossa cara, faz ANOS, literalmente, que não a vejo. o_o' Ela não mudou nada, apenas talvez umas rugas =P Mas tá bem! Ela ainda tá com o Thiagão (isso ainda ia dar em casamento, eu dizia pra ela... =P Se bem que ela dizia que iria se casar comigo, ehuaheuhae... i_i~~ Tantas propostas de casamento no colegial acabei terminando-o solteirão, ehEuiaheiuHEiuae.. xD), mas é bom vê-la feliz e é a mesma Bia de sempre.

E... Não, ela não se assustou (atitude de todos os que me vêem de novo visual) e ela encarou até que de uma forma boa, heuhaeua... Acho que é pq ela sempre foi calminha =P Já vi tanta reação do pessoal do colegial quando me via. xD Alias tem uma pá de pessoinhas que eu queria encontrar, mas pessoalmente, nem que seja só pra dar um alô e me confirmar que eles existem ainda, ou os que morreram, enfim... xP~~

Nunca se sabe oras.

Afinal amigos o tempo passa. =P E hehauhe... Eu adoro dizer que eu tenho dezoito anos, hehehe... xD

Mas o encontro com a Bia foi bom em suma. Ela não citou assuntos... Digamos, difíceis de serem tratados, então foi bem tranquilo. Sabe, tá tudo estranhamente parecendo que tá entrando nas ordens, e eu não sei se apenas arregalo meus olhos pra isso que está pra acontecer ou o que diabos eu faço. Não sei mesmo. o_O

Eu to cheio de livros pra ler, enfim... =P Não que eu não goste. Ao contrário, adoro. Mas tudo tem sua parte chata, lógico. =)
Próximo layout finalmente será... MARIO! HEhAEUHEua... Aguardem. =P

E pretendo usar Flash. Mas vamos ver se funciona de outra maneira... *pensando*

segunda-feira, 2 de abril de 2007

Ligeiro atraso.

Sim, foi apenas UM dia. ¬¬ Mas cá está o novíssimo layout do Pegasus' Wings! Agora, eu lhes apresento o Leo lighted Corona, baseado e fazendo uma homenagem ao meu personagem que leva meu signo consigo: Aiolia de Leão, o cavaleiro de ouro do anime Os Cavaleiros do Zodíaco, mas como a participação dele no Episode G é mais significativa, e eu também prefiro ele nesse último, então coloquei aqui.

Como podem ver, fiz uma homenagem ao barroco! Sim, coisas pomposas e superiores com meu signo. Nada menos significativo. Agora os arquivos eu coloquei no topo da página, portanto, se você quiser dar uma olhada nos arquivos do blog, agora fica no topo.

É a segunda vez que eu uso um layout com um personagem de Saint Seiya. O primeiro foi o próprio Seiya, meu personagem favorito, homenageado em fevereiro/março do ano passado. Gostei bastante desse layout, agora algo mais claro, em contraste com os dois últimos passados.

Lightning Plasma!

Arquivos do blog