sábado, 18 de agosto de 2007

Honra é uma palavrinha que foi deixada de lado nesses dias de hoje. Como sempre, irei também permanecer com as minhas afirmações com um passo pra trás, afinal não sou generalizando. Seres humanos não são totalmente iguais, e cada cabeça sempre acaba sendo um mundo.

Pois digo que existe muito mais por detrás do filme The Godfather além das cenas de ação que são simplesmente únicas. Já conhecia o filme há anos, e já havia visto já várias vezes, mas cada nova vez que eu o vejo acaba sendo tão emocionante quanto ás outras. Mas hoje vou me limitar aos elogios e vou falar de algo que o filme mostra que nos dias de hoje onde o dinheiro impera acabou sendo deixada de lado.

Afinal a idéia de honra e orgulho foi substituída por "quem paga mais". É engraçado ver como Michael Corleone fica triste por exemplo e sentido após matar seu irmão Freddo, e quando sua própria filha morre na sua frente a gente vê o grito desesperado de um pai que perde sua filha e ainda por cima infelizmente tinha culpa disso, por ter se envolvido com esse tipo de coisa, no caso, a Cosa Nostra.

Mas é essa honra, de manter-se unido á família, de unir-se aos amigos que nos dias de hoje falta. Lembro-me quando fui ano passado no alistamento obrigatório do exército, e na hora me perguntei: "Cara, se eu for chamado, porque diabos defenderei esse país? Não sou nem um pouco patriota, e tampouco quero o dinheiro. Eu luto pelo que eu acredito, não por uma obrigação". Nem sei o que aconteceria se eu fosse chamado, e nem quero sequer imaginar. Não duraria lá, e acabaria morto no meio da floresta abandonado e ferido enquanto meus parentes recebiam cartas sobre "morto em treinamento"...

Americanos entram no exército exatamente para ter aquelas vantagens clássicas em Universidades, e nem eles talvez sejam patriotas, e acabam tendo que servir o país e ser levados para guerras como a que nunca acaba no Iraque, caso contrário seriam considerados desertores, tendo uma pseudo-honra de patriotismo manchado que sequer existiu...

Enfim, faltam pessoas com conceitos, não mercenários. Na saudosa época do feudalismo - e digo saudosa, afinal querendo ou não existia uma hierarquia de honra entra senhores feudais e servos - havia quem comprasse o exército mercenário da Suíça por exemplo para dominar novos campos, mas quem pagasse mais ainda os teria mais ainda na disposição. A falta de honra infelizmente sempre teve como inimiga o dinheiro, pois para alguns honra é comprada por dinheiro...

Mas uma honra tão facilmente jogada fora não pode ser chamado de honra. ;D

(Boa sorte pra triste mocinha que prestará prova para entrar pro exército. =D Vai lá, realize seu sonho e morra na guerra que está por vir.)

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog