sábado, 13 de outubro de 2007

Ditador, eu?

Dia das crianças!

Isso significa que... Meu MP3 já tem um ano e não precisei trocar uma única vez sua bateria. Tá certo, ela é de lítio e funciona e dura como a de um celular, então meio que não conta. =\

Mamãe veio perguntar sobre a signorita Angela nesses dias, e eu tive que respondê-la: "Sumiu... Simplesmente sumiu!". Sim meus caros, suas rezas brabas e oferendas á orixás funcionaram, e a garota que provavelmente seria o meu desencalhamento simplesmente sumiu sem deixar vestígios...

Antes que perguntem: sim, eu tentei ligar pra ela. Inexplicavelmente só cai em caixa postal, isso pelo fato de eu ter os dois celulares dela. E sim novamente, mandei recados pra ela via Orkut e até o momento absolutamente nada. Pra ser sincero estou achando deveras suspeito... Tá tudo se encaixando de uma forma vamos dizer óbvia demais, portanto vou dar uma singela investigada e botar a cachola pra funcionar pra tentar acha-la... Planos? Hum! Já tenho sim, mas vou deixar em segredo por hora.

Se eu chegar na solução eu conto meus "segredinhos de como conseguir o que eu quero na hora que eu quero", hihihi... =) Que medo, assim vão pensar que faço parte da Cosa nostra ou algo do tipo. Mas vamos mudar de assunto antes que eu me adentre mais a isto.

Nesses dias eu encontrei uma antiga colega do colégio! Sim, mais uma das minhas estorinhas, mas ela tava diferente... Tava menor (ou que que cresci) e sua bunda dava BEM maior (ou eu que nunca reparei). Eu juro que tento não reparar, mas minha nossa... Daquele tamanho ou é hemorróida, furúnculo, excesso de academia ou anomalia na espécie, hahaha... (é sério, eu senti medo, muito medo...)

Mas nem falei com ela. Uma das muitas que não me reconheceram depois que o menino gordo e bobo virou o cara cabeludo magro...

Voltei a interpretar, e já estou lutando! Que felicidade... xD

Lembrei do mestre Vicente Artax. Que diz as más linguas ele sumiu. Esse zé mané que ensinou um monte de coisa, até mesmo a me auto-conhecer. Afinal, ele foi a ÚNICA pessoa que me decifrou. Juro, nem minha mãe eu duvido que saiba direito como eu sou por dentro, mas o Artax havia conseguido, e se aquilo foi um chute devo dizer que passou pelos 10 jogadores e acertou o gol em cheio. Ah, vocês querem saber o que ele disse? Vão ficar querendo (ok, ninguém queria saber mesmo...).

Na época vivíamos nos fóruns uma época de "Propaganda da Democracia", onde vários fóruns estavam aderindo a uma postura mais democrática aos membros, enquanto certos fóruns como o Arayashiki continuava em sua ditadura. Na época concordei com ele e ainda concordo. Democracia não existe e é a mesma coisa que nada. Seres humanos são animais, e como tal só obedecem na forma da repressão e ditadura.

Uma prova simples é ver como o Arayashiki tornou-se o melhor fórum e continuou durante toda sua existência no topo e como outros que adotaram a tal "democracia" falharam. E eu devo dizer que eu sigo isso até na vida pessoal. Sim, podem me chamar do que quiserem, mas um grande ídolo que eu tenho é Josef Stalin.

Antes de me crucificarem, darei meus motivos para tê-lo como ídolo e não ter vergonha de admitir. Primeiro: fazer um país lixo subir e tornar-se uma potencia mundial em menos de meio século e armá-la com tudo quanto é tipo de parafernalha de primeira categoria e inclusive armamento nuclear. Segundo: suas artimanhas políticas são exemplo até hoje. Sim, eu falo mesmo é de matar pessoas. Já dizia um velho provérbio chinês que nos ensina a repreender um na frente de todos para que os outros o tomem como exemplo. Afinal meus caros, poder só se consegue com aliados, infelizmente nunca sozinho. Punir os mais fracos para que os leais continuem leais, essa é uma filosofia bacana que funciona. Terceiro: seu bigode era foda. 8D

Na época do colégio eu era mais ditadorzinho, hahaha... Como na aula de português sempre sentávamos em grupos de cinco pessoas eu fiz muitas picaretagens que até hoje eu penso que se não as tivesse feito, duvido que o grupo funcionaria.

Primeiro foi que eu expulsei na frente da sala inteira uma integrante do grupo. Sim... Alguém já teve alguma vez coragem disso? Eu duvido, heheh... Na verdade não apenas não ia muito com a cara dela, mas também era menina problema. Uma que trabalhava, seria um problema grande pois os trabalhos não eram fáceis, e não iria carregar alguém nas costas, e sempre ela tinha desculpa que estava cansada. Outra que havia feito uma grande mancada, logo expulsa-la seria uma maneira mais simples de mostrar a punição que receberia se não cumprisse com o prazo.

Mas foi bom pra ela... Ela era uma daquelas "meninas modernas", e acho que queria liderar o grupo, seria uma potencial rival. Depois entrou uma lerdinha mas a gente carregou afinal não era bom queimar tanto a reputação. Tinha um amigo que se achava o líder. E eu deixei ele ir se achando, mas por ele não ter a confiança dos outros membros - que eu tinha - era sempre a minha opinião a que contava. Mas nos últimos trabalhos ele baixou a bola. Tinha um capacho, como todo ditador tem que ter, e uma faz-tudo.

Hoje em dia nem sou tão totalitário assim. A questão é que hoje eu tento ganhar o poder mais pela admiração do que pela força. Pela força é perigoso pois podem acontecer revoluções, mas continuo tendo que administrar muitas coisas. ><~~

Acreditem, é estressante. Mas queria saber onde tá o Master... É outro que temo o seu futuro...

Como diz o Poderoso Chefão: "Mantenha seus amigos perto, e os seus inimigos mais perto ainda."

Bouna notte =)

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog