segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Bouna sera.

Os gatinhos! Estou me sentindo Maes Hughes, do Fullmetal Alchemist ao falar da filhinha dele. Ah, mas eles são lindos, vai...

Bom, hoje quero pedir sinceras desculpas pelo grande atraso, embora quase ninguém aparentemente leia isso, mas até prefiro assim pois as besteiras escritas acabam não sendo divulgadas em escala mundial. Terça-feira passada não chegou a superar o famoso treze de julho do ano passado, mas foi um dia ferrenho. Não quero entrar muito em detalhes, mas basicamente imagine que tudo que tinha pra dar errado, acabou dando errado! E ainda sofri consequêncis graves nos dias seguintes, e devo dizer que subestimei meu corpo. Resultado? Quarta e quinta praticamente paradas e perdidas por desidratação do corpo. Minha mãe fez duas jarras de suco na quarta e eu as virei num só gole, e não é brincadeira. Ainda fiquei bebendo água pra repor todos os líquidos que perdi durante o dia que foi sem comida e sem bebida e apenas estresse e mais estresse.

Um dia talvez eu fale dele por aqui. Mas vou dar um tempinho. Nesse feriadão, como de costume, mal deu pra usar o PC pelo fato de meu pai ficar em casa. Além de mandar e desmandar e brigar como já é de praxe, tivemos que esperar mais um longo dia com ele. Como eu já disse, se ele que já tem quarenta anos e não mudou seu comportamento, infelizmente não será agora também.

Extrapolei os limites do meu corpo de uma forma bem sutil, hehe... De pouquinho em pouquinho, nunca acordei num dia com essa sensação de profunda fadiga e secura.

Hoje não estou com muito ânimo para filosofar. Exceto por uma ligação estranha que recebi ontem, mas não deu pra atender pois tava no banho. o_o~~ Número confidencial e tal, fiquei um pouco apreensivo. Heh, é meu hábito de sempre esperar pelo pior. i_i~~

Bouna sera.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog