sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Juro que estou começando a não gostar disso.

Do quê? Exatamente o quê? Psicólogos. Na verdade não é bem um ódio, mas é uma constatação por meio da surpresa de ouvir algo que sabíamos mas não queríamos ouvir.

Ela falou até que eu tenho um lado infantil muito forte, e ao mesmo tempo um lado idoso muito forte também. Talvez seja por isso que me dou bem com crianças e gosto de brincar, e ao mesmo tempo me sinta velho e mal-acabado outras horas. =P

Isso de fato anda me deixando um pouco revoltado, mas vamos lá.

Me vi esses dias roendo unha. Sim! Já desde setembro eu parei de roer unha, mas ontem me vi sem querer querendo roendo a unha do polegar. Tirando o fato de ter parado de roer unhas melhorou e muito minha saúde (meu estômago por exemplo, só sinto dores quando misturo comidas que não devem ser misturadas, tirando isso melhorou muito), mas o fator mais psíquico de roer unha, que era exatamente liberar o estresse, virou outras coisas que eu acho que o meu estado de nervos têm me dado. Primeiro é a minha já velha conhecida urticária nervosa. Agora ontem ao ir no Otorrino pensando que a minha tontura fosse algo em relação a labirintite ele diz "Se eu pudesse dar uma nota pra sua audição, daria nota 10! Ela é simplesmente perfeita, você não perdeu um zumbido sequer, por mais agudo que fosse!" (sobre a audiologia, que é entrarmos numa câmara e lá colocar um fone e ir apertando um botão quando ouvir um zumbido bem baixinho, que é pra testar a capacidade auditiva).

Aí ele falou que a minha tontura pode ser... ADIVINHEM! \o/

Estado de nervo.

Digo, desde que parei de roer unhas tenho visto um aumento significativo tanto na queda, como nos fios brancos. Fadiga e dores de cabeça, que me fazem tomar dipirona. Como meu corpo não resiste a ácido cítrico, meu sistema imunológico já fraco tem dias que fica muito sensível (agranulocitose decorrente da dipirona?) e, argh. Ás vezes sinto que meu corpo é meu laboratório maluco, onde os experimentos só me ferram.

Ah, mas as unhas agora estão tão bonitas, e saudáveis. Agora dá até pra passar base, lixar... Antes não dava. =(

Eu já não comecei a gostar disso há muito tempo...
(foto: Kaoru do Dir en grey)

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog