terça-feira, 21 de outubro de 2008

Papai & mamãe

Eu odeio alguns sonhos que eu tenho. Eu ao menos quando era menor eu odiava sonhos, e vivia acordando assustado pois sempre foram sonhos com mortes, muitas mortes. Mortes de toda a maneira que se pode imaginar. Dias atrás estava vendo o filme do Will Smith Eu sou a Lenda, que além de ter a Alice Braga atuando e falando um inglês excelente, mostra a morte de um cachorro, e mesmo aquilo sendo mera atuação é muito chocante. Acho que nos meus pesadelos eu acostumei a ver pessoas mortas, mas quando eu vejo um cachorro nem que seja mancando na rua eu fico muito abalado, embora eu já tenha visto até motociclistas com a cabeça decepada no meio da rua e nem senti nada.

Mas o sonho que tive foi exatamente o oposto! Era o momento que a vida era dada. Eu no sonho tinha virado papai, haha... Sim, eu ainda sonho ainda em namorar, noivar a casar e depois ter filhos. Claro, eu já estava bem mais velho, aparentemente eu estava bem de vida. Minha esposa, a qual não vou dizer quem é, infelizmente havia falecido ao dar a luz. Logo, era apenas eu e uma pequena menininha (sim, tinha roupa rosa e até laço, hahah!).

Digo, era bem emocionante carregar, era tão frágil, me olhava com aqueles olhinhos puxados e tudo mais, era muito, mas muito cute. Minha mãe nem gostou de ver ela, porque ela não aprovava meu casamento. Comprei uma casa pra nós dois (eu e a filha) e fomos morar juntos. Havia abandonado o emprego, amigos e tudo mais pra ser o pai e mãe daquela criança. Era insano, hehe...

Não é a primeira vez que eu tenho sonhos com filhos. Já tive um sonho onde foi nele que eu decidi o nome que minha filha terá (sim, será uma menina exatamente pra eu ter muita dor de cabeça, haha), embora eu acredite que eu seja totalmente estéril por umas doenças que eu tive há uns anos atrás, logo acredito que nem filhos poderei ter. Mas é bom sonhar com esse tipo de coisa... Acordei meio perdido, olhando pros lados e vi que estava abraçando absolutamente nada. Fiquei meio triste, pois no sonho tudo era tão simples e bacana, hehe...

Mas papai agora não. Só daqui uns anos!
Tenho que arranjar uma muié primeiro, hahaha!

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog