sábado, 1 de novembro de 2008

Meras definições

As palavras tem energia. E acho que uma das mais belas de se ouvir e falar é exatamente ela, amor.

Muitos maridos e esposas chamam seus conjuges assim. É a palavra dita, ou que tenha relação direta por 98% das músicas e 100% das novelas. É bonito, soa bem. Pequeno, mas significa uma grande coisa. Existem pessoas que conseguiram definir bem nas próprias músicas, e não é tão necessário uma definição Shakespeareniana para tanto, embora nosso amigo inglês que não é sir seja mais que essencial para entendê-la.

Grande Ben E. King! Mas prefiro a versão do John Lennon:

Stand by me. Teve um filme chamado Conta comigo, mas é muito velho, muitos dos que estão lendo nem eram nascidos na época (1986, salvo engano!). No final do post tem a letra original. Mas antes vamos fazer uma reflexão.

Pessoas precisam de um porto seguro. Imagine que todos somos donos de uma embarcação, que diferencia cada um de um jeito. Os de menos poder aquisitivo tem uma jangada, os ricos podem ter até seus transatlânticos. Os aventureiros têm seus barcos com motivos radicais, os românticos por sua vez cheios de babados. O mar é traiçoeiro, pode parecer que tudo está bem, mas ele oscila entre o topo e o ponto mais baixo pelas ondas. Onde o mais pobre pode ir pra cima, e ao mesmo tempo o mais rico ir para baixo. Isso é a vida.

Viver é temer. Pois viver é um constante vai e vem, cima e baixo, estamos bem ou estamos mal. Subimos uma montanha e ao chegar lá em cima ficamos sabendo que há logo ali do lado uma maior. Pode ser que consigamos. Pode ser que logo na primeira alcancemos o topo. Pode ser que levemos mais de dez anos para alcançá-la. Pode ser que sequer nunca vivemos para alcança-la. Pode ser que resolvemos esperar um tempo para tentar de novo. Mas a montanha sempre estará lá. Não irá descer pra pegar você. E se você cai, a única pessoa que pode te levantar é você mesmo. Ninguém mais.

Não somos porém seres dotados ligados na tomada, onde se cairmos levantamos automaticamente. Até mesmo a corrente elétrica demanda de uma energia. O mundo é um caos, viver é um caos. Porém é apenas em um lugar onde encontramos a paz, um único lugar onde nada mais importa, algo que por um único momento signifique algo tão mágico quanto a magia que a mágica traz. Nosso porto seguro pode ser uma pessoa.

É aquela que você fica olhando e não se cansa de olhar. Aquela que você pensa durante o dia, aquela que ao abraçar você sente invencível, capaz de proteger sua felicidade a todo custo. O mundo pode desabar, mas é essa pessoa que é seu porto seguro que lhe dará forças para que vocês dois enfrentem o mundo lá fora.

Amor é uma via de duas mãos. Quando estamos sozinhos, permeamos a andar numa rua de mão única, apenas nos importamos demais conosco, ou apenas demais com outrém. Porém quando se ama você doa amor, e recebe também ao mesmo tempo em troca da pessoa que ama.

Ok, quem sou eu pra falar disso. O máximo de tempo que consegui sentir isso foram poucas semanas...

Mas são coisas tão simples que muitas pessoas mesmo com anos de relacionamentos sequer percebem. Abrace a pessoa que você mais ama. Não há sensação no mundo que esse gesto que você se entrega a pessoa e ao mesmo tempo é retribuído.

E... Stand by me. =)

Stand by me

When the night has come
And the land is dark
And the moon is the only light we'll see
No I won't be afraid, no I won't be afraid
Just as long as you stand, stand by me

And darling, darling stand by me, oh now now
Stand by me
Stand by me, stand by me

If the sky that we look upon
Should tumble and fall
And the mountains should crumble to the sea
I won't cry, I won't cry, no I won't shed a tear
Just as long as you stand, stand by me

And darlin', darlin', stand by me, oh stand by me
Stand by me, stand by me, stand by me-e, yeah

(guitar) 

Whenever you're in trouble won't you stand by me,
Oh now now stand by me
Oh stand by me, stand by me, stand by me

Darlin', darlin', stand by me-e, stand by me
Oh stand by me, stand by me, stand by me.

1 comentários:

Gabriela disse...

Que lindo! =D Mas é isso mesmo...amor é uma coisa que não tem muitas (ou não tem nenhuma) defiição, não tem explicação, é aquela coisa única aquele sentimento de felicidade que toma conta de você sem muita explicação, só de estar ao lado da pessoa que se ama. É isso e muito mais, é simplesmente amar alguém. Tem gente que diz que já gostou muito, mas não sabe o que é amar e nem se algum dia já amou, o que eu penso é que no fundo é impossível não saber quando estamos amando.
Beijos!

PS: isso me lembra do filme "Love Acctualy" (Simplesmente Amor) que é lindo e aborda esse sentimento de várias formas diferentes, recomendo! ^-^

Postar um comentário

Arquivos do blog