sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Para a posteridade

Esses dias tava um pouquinho ocupado com umas questões familiares.

É algo um pouquinho estranho mas, nunca soube das minhas reais origens, mas bateu uma curiosidade agora. Graças às viagens recentes no fim de 2008 deu pra dar uma clareada - e uma grande clareada. Achei até familiares no sul, em Santa Catarina, e fiquei meio abismado. Isso pois faz dias em que uma tia minha infelizmente morreu e eu não estava nem perto de lá. Paciência, não tinha uma grande relação com ela, infelizmente. Mas meus pais, e obviamente o pessoal de lá tinha. Descanse em paz, tia Lu.

Descobrir as origens é algo bastante introspectivo, ao menos pra mim. Sabe, eu tenho uma mania de andar em cemitérios, tirando os dias que eu vejo "coisas", são sempre bons dias. É interessante ver as lápides, todas escritas com datas, nomes, e tudo mais. Tirando algumas que eu não consigo chegar perto pois me sinto estranho, em muitas eu sinto uma grande e imensa paz. São pessoas que viveram, que hoje provável que tenha lá seus descendentes que perpetuaram e continuarão com a família. Pessoas que viveram, que morreram, mas ainda de alguma forma estão lá. Não, não sou nem um pouquinho gótico e não gosto do estilo de vida deles. Franceses malditos. 8D

Digo, se meu avô Giuseppe, por parte de avó paterna não tivesse saído da Itália e vindo pra cá, ou se então o avô Sebastião por parte de pai também não tivessem saído da terra nostra, e se meus avôs maternos espanhóis não tivessem pegado as índias do nordeste, well... Nada teria acontecido, nem Alain existiria, nem fallen Pegasus nem nadica de nada. Olha só heim, tou me achando O importante, hahaha...

Isso que dá! Leonino como signo solar e Dragão como chinês. Não tem jeito, pedir pra eu baixar o ego é o mesmo que pedir pra uma pessoa alta ficar baixinha, hahaha!

Até os parentes perdidos da família da mãe do meu pai acabei achando. Povo bonitão lá do sul, hehe! Descobri até que eu tenho um tio que mora em Mogi das Cruzes. E eu acho que uma vez que eu fui lá por conta própria acho que conheci sem querer um filho desse tio-bisavô, hahaha... Inclusive acredito eu que conversei com ele numa praça ali perto do centro. Como diz papai: "Mas que mundinho pequeno, esse!".

E isso porque não falei o nome desse tio-bisavô... Depois falam que eu fico inventando blábláblá... Mas é uma baita coincidência, principalmente se tratando de Mogi das Cruzes. Qualquer dia passo lá para conhecê-lo... Agora fiquei curioso! Até documentos escritos, fotos, nossa... Quem sabe meus bisnetos não dêem uma conferida no que o vovô Alain aqui escreveu aqui no blog, hahaha... O que é óbvio que eu duvido muito, mas nada custa imaginar esse tipo de coisa, e esperar pra ver o que vai acontecer.

Passagem do tempo. Tempo, êta coisinha que dá dor de cabeça. Tanto quanto amor.
Boas novas! Horoscopo disse que esse ano será regido pelo Sol! YES! \o/ Tirando o boi no chinês que não é tão bom, (o rato ano passado foi excelente pra mim,e ainda juntando júpiter deu uma ajuda e tanto) acho que 2009 talvez seja tão interessante quanto 2008. É esperar pra ver.

Ou não!

1 comentários:

::gabi:: disse...

Hahaha! É às vezes a gente fica mesmo às voltas com essa coisa de saber mais sobre a nossa história e a nossa família. A minha também, é uma mstura só, italianos, portugueses, alemãos, africanos, índios e assim vai, daí, nasci eu! =) Hehehehehe! ^^ Lembro que um dia desses, não faz muito tempo...foi no finalzinho do ano passado se eu não me engano, antes do natal, fui com a minha mãe na casa da prima dela visitar minha tia avó que mora em Holambra, mas estava por aqui. Depois minha avó chegou e as duas ficavam contando histórias dos tempos de menina e histórias do meu bisavó Duilio que eu não cheguei a conhecer, ele veio pequeno da Itália pra cá. Esses momentos são mesmo muito legais! =)
Beijos!

Postar um comentário

Arquivos do blog