terça-feira, 14 de abril de 2009

Claro que tem que cuidar da imagem!

Recentemente passou no CQC uma entrevista conjunta com o prefeito de São Paulo, Gilberto (Geraldo) Kassab e o prefeito do Rio, Eduardo Paes. Sabe, São Paulo enfim tem um prefeito com a cara que o Brasil inteiro pensa que temos: de pessoas frias, nerds e entediantes.

Não gosto do Kassab. A começar porque ele é bambi, torcedor do São Paulo. Eu tenho uma séria teoria, que o time do São Paulo só atrai dois tipos de pessoas: bambis e mulheres. Sério, 90% das mulheres que conheço torcem pro São Paulo, e depois quando nós, corintianos, palmeirenses e santistas falamos e expomos esses fatos eles nunca assumem. Já assumimos que corintiano é tudo favelado, bandido ou maloqueiro (ou os três!), agora é a vez dos sãopaulinos assumirem suas respectivas opções sexuais, hahaha...

O prefeito de São Paulo é uma pessoa de discursos feitos. É quase um Roberto Justus quando começou a carreira. Sabe jogar a culpa nos outros como ninguém, e adora, realmente adora falar a palavra "parceria". É parceria com iniciativa privada, parceria com o governo do estado, parceria com a padaria do Zeca Padeiro, enfim. Não tem naturalidade pra falar, não tem carisma, talvez por isso que uma porcentagem mínima dos habitantes da cidade sabiam que ele era prefeito antes da sua campanha.

A foto no fim do post é de uma "Malhação do Judas" que houve em São Paulo com, pasme, figuras de políticos brasucas. Entre eles, a foto do nosso tenso prefeito.

Um Pitta da vida ele não é, de fato. Fez pelo menos o Hospital do M'Boi Mirim aqui perto de casa, mas lhe falta carisma e desenvoltura ao falar. É o nerd que subiu na vida com inteligência, e não com os contatos ou uma mulher bonita. Seria um ótimo chanceller, empresário ou obviamente engenheiro, mas entrou pra política e é preciso muito mais que apenas trabalhar. Ele tem que refletir a imagem da cidade, assim como o presidente faz a divulgação daqui lá fora. Coitado é apenas uma pecinha de manipuladores maiores. Maluf embora seja o que é, mas tem carisma, desenvoltura e fala muitíssimo bem em entrevistas ou em público, isso ninguém nega. Agora o resto todo mundo já sabe da sua infeliz competência, haha.

E aí sai uma imagem péssima, que até o prefeito da cidade se engessou ao meio do cimento e aço da selva de pedra. Até nós, paulistanos que rivalizamos os cariocas ficamos com vontade de termos um prefeito boa pinta como o Paes (se bem que eu ainda sou mais o Gabeira).

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog