quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Quer melhorar o trânsito? Tire os ônibus!

São Paulo é uma cidade engraçada. Mais engraçado ainda são as soluções mirabolantes que nossos políticos sempre tem na ponta dos dedos para solucionar tudo sempre num passe de mágica.

Trânsito sempre é um assunto complicado. Tudo se dá por São Paulo ter uma das maiores frotas de veículos, um metrô de três linhas e meia, trens terrestres caindo aos pedaços, e ônibus com linhas que mais dão mais voltas em círculos do que te levam pra nenhum lugar. Acho engraçado ver países como o Japão, onde pessoas naturalmente usam metrô, inclusive quando querem ter um momento sussu com alguma menina (encontro romântico, por exemplo). Óbvio, tem carro, mas com a eficiência tamanha do transporte público torna-se vantajoso deixar o carro em casa e pegar o metrô na esquina.

Isso não é xenofobia. Não poupo críticas exatamente pois acredito nas pessoas, acredito em governos e acredito que um dia irá melhorar. Porque sim, a coisa tá melhorando, mas sempre pode ficar melhor, isso seja no Brasil, na Bretanha, na Romênia, no Cazaquistão... Menos na França é claro, afinal aquele país nojento só tem a tendência de piorar cada vez mais e afundarem até o dia que o mundo se tornará um lugar perfeito sem sua existência. =)

A última foi a proibição dos ônibus fretados na área conhecida como "Centro Expandido". Causou polêmica? Causou. Prometeram um trânsito melhor, mas não conseguiram mostrar isso com os nossos amados congestionamentos de três dígitos. Disseram que o problema é que fretados correspondem a poucos porcento da frota.

Chegou a ser elogiado por alguns políticos, mas o povo em si mesmo que não gostou. Muitos que falaram nos telejornais já vão pegar seus carros, pois se demoravam antes pouco mais de uma hora pra chegar no serviço, agora estão levando três vezes mais. Isso significa mais espaço em congestionamentos, mais poluição, mais vias paradas e mais tempo perdido no trânsito. Valeu Kassab! ;D

São Paulo tem um razoável sistema público de transporte. Poderia ser melhor, poderíamos ter mais ônibus em melhores condições, mais linhas, mais agilidade, mais metrô (e metrôs ÚTEIS, não incluindo a linha lilás!) mas ainda vivemos numa cidade onde o governo faz de tudo para nós comprarmos um carro, pois como sempre costumamos fazer exatamente o contrário do que o resto do mundo faz: Porque não damos ênfase ao transporte coletivo do que o particular? Imagina se as cento e tantas pessoas do ônibus, nem que sejam as milhares que pegam fretados, cada um pegasse um carro?

E aí ônibus urbanos enchem, motoristas de fretados perdem o emprego, carros não andam e metrôs não existem. Isso pois acreditam que dar regras bizarras aos fretados vai melhorar a coisa. Será que a solução melhor seria essa mesmo? A prefeitura promete não voltar atrás.

Regras até acredito que devam existir. Mas quando você limita o transporte coletivo você diretamente ou não faz apologia ao transporte privativo. Mesmo que sejam boas ou não. Os números mostraram que praticamente não mudou nada a vetação dos fretados, será que precisava mesmo de tudo isso? 

Quantas décadas mais teremos que esperar pra ter um mapa de metrô confuso como Tóquio? Cara, se for pra ter um metrô tão bom, tão eficiente e tão completo, prefiro que o mapa do metrô de São Paulo fique muuuuuito confuso mesmo.

2 comentários:

Gabi disse...

Trânsito realmente é um assunto que...CAUSA. E causa tudo: briga, acidente, congestionamento, dinheiro...tudo. Por um lado você tem a indústria automobilística que vai indo muito bem obrigada, desde os tempos de JK. Aí você tem o governo que deveria zelar pelo bem e$tar $ocial, mas sabe como é? Quem somos nós contra GM, Chevrolet, Fiat, Nissan, Wolksvagen, etc e tal.

Fretados eram sim visto com bons olhos, principalmente por quem fazia uso deles. Minha opinião? Que peguem todos carros e vamos assistir de camarote a cidade parar.

O governo do estado está prometendo não sei quantos km de metrô até 2011 se eu não me engano. Enquanto eu não ver com meus próprio olhos (vide linha 4-amarela), não acredito. =P

Beijos!

Cris disse...

nós fugimos deste assunto no semestre passado, tamanha complexidade, lembra?
é meu caro, só contradições.
Eu li a época sim!
E eu te adoro por milhares de outros motivos!
beijos

Postar um comentário

Arquivos do blog