segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Santa democracia virtual, Batman!

Hoje a gente não passa mais telefone pras gatinhas, passa o MSN ou Orkut. Hoje a gente não se reune mais na casa de alguém pra fazer trabalho, a gente faz tudo via Skype.

Muita gente odeia esse papo de democracia virtual. Eu apoio completamente, até porque as pessoas tem que perder a mania de pegar o número de telefone dos estabelecimentos, via internet é muito mais prático. Pra tudo, até bilhete único. Óbvio que tem algumas coisas que são chatinhas como as pessoas pararem de se reunir pessoalmente muitas vezes, perde o contato humano, mas diminui também fronteiras.

Embora seja via uma máquina gelada que dá uns choques, ainda é melhor que nada. Deixo aqui essa foto bacaninha que vi numa cadeira de um ônibus, hahah. Coitado do moleque, agora na web todos vão adicioná-lo. Até eu vou sacanear. xD

Ainda tem muitas melhorias a se procurar, primeiramente é um português básico, que por incrível que pareça o "internetês" é usado por alguns em redações na escola. Minha mãe é professora, e já recebeu redações nessa língua, haha. Mas isso vem com a idade, norte-americanos tem gírias cibernéticas tão porcas quanto, a começar pelo "LOL".

Explosão das Lan Houses já passou o tempo, embora hoje ainda seja uma coisa muito lucrativa. E nas Lans as pessoas são apresentadas ao Orkut, MSN e depois é um pulinho pra comprarem o que há pouco tempo era um artigo de luxo. Não temos tamanha clareza como os britânicos em fazerem disciplinas ensinando até o uso do Twitter, mas é um belo dum começo.

Hoje, brasileiros são verdadeiras pragas na internet, kkkk. AINDA BEM, eu diria. Somos em pesquisas o povo que mais gasta tempo surfando na internet, embora ao menos em São Paulo tenhamos nossos encalços como Telefónica e NET, uma dando o serviço mais porco que a outra.

Além de termos dominado o Orkut, próximo é o twitter, ao ponto de levar tags pros Trending Topics como #BrazilMissesMiley, sobre a Hannah Montana, a mais nova lolicon da Disney no lugar da Lindsay Lohan ou então no mais recente aniversário do fim do RBD, com a tag #RBD. Estranhamente elas não duram muito tempo, e são substituídas por outras americanas imbecis que todos usam todo dia, como #fact, entre outras.

O que acho? Até os caras do twitter tão com medo dessa raça do maior país do hemisfério sul que censuram a gente nos Trending Topics, haha. =O Somos como motoboys, viemo pra ficá, mano!

1 comentários:

Cris disse...

é, sou uma prova concreta das loucuras da internet!
Bjo querido

Postar um comentário

Arquivos do blog