quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Japoneses tremendo na base com chineses!

Engraçado como eu vejo decisões políticas até em coisas aparentemente sem nada a ver. Mas esse "nada a ver" é apenas aparentemente. Verdade seja dita, hoje o Japão está saindo fora de moda e dando lugar à China. Desde Junniper Lee, passando por Jet Li e terminando no Grande Firewall da China, o qual foi erroneamente traduzido por uma jornalista incompetente do Brasil que ficou na China por anos, em uma entrevista no Jô chamando de "Grande Muralha de Fogo da China". Ô povinho BURRO, não sabe o que é FIREWALL, capeta! Nunca ligou um computador e viu lá um firewall, BURRA?

(isso é coisa de geek, relaxem...)

Porém quero chamar atenção em outros viés. Primeiro começando pelo imenso racismo que japoneses tem com os povos asiáticos. Óbvio, eles são os fodões, assim como o Brasil também é o maioral da América Latina e adoramos ferrar a Argentina e os outros países. Porém agora a coisa tá mudando, a China já é considerada uma superpotência, tem o terceiro PIB do mundo (Brasil em décimo), só perdendo pro Japão e, obviamente, Estados Unidos.

Porém² (esse "dois" foi uma boa, haha) a China tem muito pra onde crescer, uma vez que o Japão hoje é uma grande ilha cinzenta, tirando Hokkaido com seus Chicos Bentos nipônicos e plantações de arroz. Resumindo: cedo ou tarde a China será a maiorial da Asia, isso se já não é. O resultado? Vejo isso numa banda aparentemente inofensiva, chamada Morning Musume.

Não conheço muito sua obra, e pra ser sincero é bem extensa. Dezenas de garotas já foram da banda, se "graduaram" ou em portugues claro, ficam "velhas" com seus 25 anos e não são mais "musumes", garotas, menininhas traduzido do japonês, porém revelou grandes talentos e musas nipônicas, como Rika Ishikawa (minha favorita), Maki Goto e Hitomi Yoshizawa.

A vida de uma Momusu resume-se a, ser vista pelo pessoal da Hello! Project, que as descobre para o mundo, depois elas ficam fazendo clipes e musicas em grupo que pode estar numa fase sexy, lolicon, romantica, whatever, e depois são dispensadas pra entrarem novas e assim a coisa vai indo. É um grupo de constante mutação, acredito que todo ano no mínimo entre uma, já estão na "oitava geração", e as mais novas acredito ter uns quinze anos!

E recentemente, com esse medo dos japoneses, que já não se dão muito bem com os chineses, incluíram duas chinesas docinhos-de-coco no arsenal de já belas orientais. Uma imagem que ficará pra sempre na minha mente será quando vi o Japão sendo apresentado na cerimônia de abertura de Beijing 2008, onde os chineses vaiaram com toda força o povo nippo, e depois quando veio Taiwan (ou ROC, tanto faz) e eles serviram meio de Robin Hood, acalmando os ânimos dos chineses que odeiam o Japão. Pra quem não sabe, Taiwan é quase um país apaziguador na relação tensa entre Japão e China.

Tanto que para chineses que vão parar no Japão, recebem também o termo pejorativo de gaijin, e isso porque asiático é TUDO igual. Japonês tem a mesma cara que koreanos, chineses, tailandeses, mongóis, etc. xD

Tá, é mera politicagem, se o Japão não melhorar sua relação com a China a coisa vai ferver! E não vai ser como na Koreia do Norte que é do tamanho de Sergipe e só tacar umas duas bombas que tudo ali voa pelos ares. Estamos falando de um país que tem população que não acaba mais, um dos exércitos mais poderosos do mundo e uma das economias mais promissoras da atualidade. E que tão tomando - e muito - os lugares dos japoneses como povo asiático-mor. A China está na moda, e há um bom tempo.

Tenho pena da Linlin (Qian Li) e Junjun (Li Chun), as duas chinesas do Morning Musume. Elas devem sofrer na mão das japonesas, hahaha. Nessas horas que acho que a melhor coisa do Brasil é esse espírito acolhedor. Conheço duas amigas, e dois amigos, chineses e uma japoneses que são inseparáveis. E já ouvi casos até de judeus amigos de árabes, corinthianos casados com são paulinas, evangélicos com católicos, negros com louras...

Acho que é uma riqueza que ao meu ver muitos países deveriam aprender - e muito conosco.
Fotos: Junjun (topo), e Linlin (abaixo).

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog