segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

O transporte público de São Paulo que isola seus habitantes.

São Paulo é uma terra engraçada. Ao invés de investirmos em transporte público, investimos na Nova Marginal Tietê. Aumentar ainda mais o número de vias, a poluição, isso num estado onde queremos diminuir a poluição dentro de alguns anos.

Porque não investimos e concluímos o Rodoanel de uma vez e deixamos essa Marginal inútil de lado? Todos sabemos que o problema do transporte de cargas da cidade é o fato das mercadorias e caminhões serem obrigados a entrar em São Paulo, muitos sequer ficam, mas precisam passar por aqui para ir ao Porto de Santos fazendo o temido trajeto Tietê - Pinheiros - Bandeirantes.

Vamos ver o vídeo abaixo:



Interessante! Alguns fatores contribuíram para que isso acontecesse, e muitos desses são ligados a questão da própria prefeitura ao catalogar os bairros. Vamos aos fatos.

Eu moro no Capão Redondo. Sorte minha que, geograficamente, estou no centro, entre a Estrada de Itapecerica e Estrada do M'Boi Mirim. Dois dos maiores corredores de ônibus da Zona Sul de São Paulo. Supomos que quero ir para a Av Nove de Julho. A única opção que tenho é ir pro Terminal Capelinha, mais próximo, e pegar um dos dois Terminal Bandeira, tanto via Marginal quanto via Santo Amaro. O segundo passa pelo Largo Treze. Vamos memorizar isso.

Agora eu preciso ir para o Brooklin. Vou pra M'Boi Mirim que tenho mais opções. Espero pelo Metrô Sta Cruz, Praça da Árvore, Mariana's Village, ou mesmo posso ir pro Terminal Santo Amaro e pegar mais um ônibus. De qualquer maneira, qualquer uma dessas linhas passam pelo Largo Treze, que resume-se a uma Alameda de três faixas, com uma tomada pelos carros, mais pra frente a Adolfo Pinheiro que sempre tem nego maloqueiro nóia atravessando a rua no sinal verde pros carros, isso sem contar quando tem rapa da polícia.

O problema é o Largo Treze, afinal chegando ali naquele ponto os ônibus demoram de 10 a 15 minutos (sem chuva!) pra fazer um percurso de menos de dois quilômetros.

Até aí até vai, não tenho problemas pra ir no Ibirapuera, Moema, Brooklin, Santo Amaro, Socorro, etc. E se quero ir no Butantã, que é mais geograficamente mesma coisa que o Ibirapuera, levarei uma hora e meia, enquanto pro outro lado, 40 minutos. É mais que o dobro do tempo! Isso porque estou isolado pra ir pro Centro pelo caminho Sudeste/Centro. Outros cantos da cidade, nem pensar, nem mesmo a zona sul ou oeste.

Oeste mais ou menos. É possível eu ir pro Butantã, mas inviável ir pra Lapa, que também é zona oeste. São quase três horas de viagem.

E ainda dizem que é cheio de ônibus! Caos é você ver na hora do Rush aqueles ônibus tri-articulados indo pro Jd Angela literalmente entupidos, quase com a porta aberta. E isso porque são altamente ineficáveis. Só pra lembrar, a população do Jd Angela é de aproximados 500 mil pessoas, e só a cidade de São Paulo tem 9 milhões.

Acorda, Kassab, INCOMPETENTE! VAGABUNDO!!

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog