domingo, 17 de janeiro de 2010

Kouhaku Utagassen, o show dos onegaishimasu's!!

Terminei hoje de assistir o 60th Kouhaku Utagassen, o show musical de fim ano japonês promovido pela NHK. São horas de programação sem parar, dezenas de artistas competindo por sabe-se lá deus o quê, além de uma vitrine pros músicos que mais brilharam no ano e pros vovôzinhos reverem aquela cantora enka que não via há décadas. Esse é um post cheio de imagens e comentários meus sobre o show, sem mais delongas vamos lá!



Toda a patifaria começou com ela, Ayumi Hamasaki, com seu kimono erótico copiando a última Miss Japão, sem metade dos generosos par de seios e uma coreografia arrasadora. Foi pra começar com tudo mesmo!



Embora eu curta muito EXILE, que veio depois da donzela Hamasaki, um que me deixou abismado foi quando anunciaram o bizarro grupo AKB48 composto por nada menos que 48 japonesinhas. No começo foi só essa dúzia, mas de súbito o palco se encheu assim:



Alguém tem noção do que são quarenta e oito japonesas vestidas de colegiais dançando num show passando à noite? Um poço de bizarice e, porque não, perversão. Mas a música era legal, bem viciante... Morning Musume anda tão fraquinho ultimamente, na minha opinião.



Das crianças que se apresentaram a menos chatinha era essa desconhecida. Aliás foi muito comédia, parecia um enka e com um pateta proletário atrás dela brincando no mar cenográfico. É quase uma Maísa nipônica, parecia ser uma criança bem irritante, sei lá.



Não conhecia essa! Adorei a música cantada pelo Ikimono-gakari, com a canção YELL. Já está na lista pra baixar!



Lá vem o negão, cheio de paixão, te catar, te catar, te catar! Jero, o único cantor que faz enka não ser algo tão sonolento e faz até uma dancinha mucho loka. Gosto bastante do timbre de voz dele, além do cenário todo angelical pro afro-nipônico mais famoso do mundo.



Vozeirão da Yoshimi Tendo fez subir um frio na espinha do escambal! Excelente cantora, acho que também uma das performances mais emocionantes, sobre as mamães! (beijo mãe!)



Nesse meio tempo trilhões de enkas se apresentaram. Percebi que iria acabar dormindo e fui avançando, aí logo no segundo bloco veio ela, a imbatível Susan Boyle cantando sabe o quê??? ADVINHEM! Isso mesmo, ela tava cantando: "Carrinho de mão, pá-pá pá-rá-rá-rá", afinal o que mais ela cantaria?



Umas que descobri há pouco tempo mas adorei, o trio de Nagasaki Perfume. Cantaram One Room Disco, a música que mais fica na cabeça e viciante e dançante e, uau. Elas são lindas também, diga-se de passagem. Onde fica Nagasaki mesmo?



Homenagem ao nosso Michael. SMAP arrasou, pegou desde Billie Jean, Thriller, Bad, Smooth Criminal, ABC e terminou com um belíssimo Heal the world. Achei mais que válida, Michael Jackson merece!



A nariguda mestiça Angela Aki juntou um coral com pessoas desconhecidas (quase uns ex-BBBs japoneses) para acompanhá-la nessa sua belíssima música, Tegami. Esse álbum dela aliás acho fora de noção de tão bom. Adoro!



Aí veio a boazuda do Japão, a popozuda do pancadão nipônico Kumi Koda (ou Koda Kumi, fuck it) com sua clássica cara amassada e joelhos bem torneados. Não acho ela essencialmente atraente, já vi japonesas que dão de dez a zero nela, entre elas...:



...Sua irmã misono koda, muito mais atraente mas com cara de dislexada. Sua irmã mais velha já cansada de ter conquistado tudo e mais um pouco na ilha resolve lançar sua irmã que veio de interiorrrrrrrrrrrrr, lá perto de Piracicaba.



Ow, aí veio o que a mulherada adora. E óbvio que foram eles que salvaram o Kouhaku de ser uma desgraça televisiva. Arashi cantou acho que umas quatro ou três músicas, e mandaram super bem embora eu não goste muito deles. Achou bizarro eles começarem assim com rosinha? Pois bem...



...Depois de uma música lá que pouco importa qual era uma fumaceira dominou o palco, eles foram pra trás e... TCHARAM!!!



Ace todo branco fosse assim! E eles ainda ficaram um bom tempo no palco, pra segurar a audiência e fazer o Kouhaku ficar alguns pontos de audiência na frente do Faustão.



Outros que achei interessantíssimos! Vou baixar! Kobukuro com a música Stay deu um show de bola. Sabe o de oculos? Brilha muito no curíntia! Canta bagarai! Só parece meio lesado sei lá, devem ser as DORGAS MANOOOOO!



Outro momento emoção, afinal essa será a última apresentação ao vivo da Ayaka. Cantou Minna Sora no Shita e arrancou lágrimas do público além de sua voz inconfudível! Agora vai cuidar da tua saúde, muié! Não vai fazer igual a Ayumi e ficar surda igual uma porta ok? Fikdiks



Agora algo engraçado: Só nessa parte que me toquei que um dos caras do SMAP estava apresentando o Kouhaku! OMG! A música não poderia ser outra: Soto Kyutto ~ Sekai ni Hitotsu Dake no Hana. É quase um "Hoje é um novo dia, de um novo tempo, que começou". Só que japonês.

Agora agradeçam! Fiquei dias pra organizar essa bagaceira. Mentira, foi só hoje. Pra terminar bem, vou prestar uma singela homenagem *cof, cof, cof, cof* para a irmãzinha da Kumi Koda, a misono-bisonha com o quadro...:



Sim! A misono fez trilhões de caretas ao longo do Kouhaku. Chamou e puxou toda a atenção pra ela, afinal ela sempre tava atrás de alguém importante fazendo o que mais sabe: distorção facial. Acha que não? Aí vai uma tirinha com o que passava na cabeça das duas irmãs logo ao final do Kouhaku:



1 comentários:

Ryo disse...

muito bom

coitada da misono

Postar um comentário

Arquivos do blog