terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Nazismo do século XXI.


Vendo a conferência da COP15 vejo que estamos vivendo um novo nazismo em pleno século XXI. Pergunto quem é louco de questionar o aquecimento global? Quem fizer isso receberá ameaças de morte, será excluído de amigos e parentes. Imagine que estamos em 1930. Quem se negar a matar judeus e promover a etnia ariana merece a forca. E assim a humanidade caminha.

Antes de mais nada não quero iniciar qualquer discussão científica aqui. Quero começar um pensamento lá detrás, falando da politicagem que existe por detrás disso.

Não podemos usar petróleo. Os árabes tem petróleo, se eles dominam os recursos, nós estamos ferrados. Dos países que tem petróleo, seria tolice dizer que nenhum deles sofreu uma intervenção externa. Precisam de uma boa desculpa para investir em energias renováveis, longe do petróleo, então inventam uma bela desculpa, e ai de quem não seguir.

Independente da questão de raios solares, erupções estelares ou escapamentos de carro, penso onde está a liberdade do pensamento? Dezenas de cientistas já provaram que o CO2 não tem nenhuma relação com o aquecimento global mas mesmo assim o interesse maior, que é o da política mesmo, persiste. Existem também os que provam veemente que existe uma relação.

Pergunto-me, onde está a minha liberdade de pensamento ao afirmar que nenhuma relação existe? Será que assim como muitos, eu teria que me render ao nazismo e ir trabalhar pros alemães mesmo sem concordar com a matança dos nossos amigos da judéia sem o pelezinha do pau? Ou então eu deveria continuar afirmando, e ser ameaçado de ser estruprado mentalmente e sofrer alguma lavagem cerebral? Onde estará a liberdade economica, que tem que mesmo ficar a cargo de escolhas de políticos e assim por diante?

E assim, quem vai contra é expurgado da sociedade, que compra e apoia uma coisa sem nem saber metade como funciona de fato.

Pontofalei!

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog