sábado, 17 de abril de 2010

Respeito no lugar de amor.

Era pra eu estar escrevendo o TCC, mas estou com uma dor de cabeça tremenda.

Hoje enquanto lia algumas coisas da monografia, coloquei no Discovery Channel e estava passando um dos meus programas favoritos, depois da Supercamera, o A Prova de Tudo. Onde basicamente um maluco lá vai num lugar mais longínquo possível e mostra como se faz para sobreviver nas condições mais adversas. Adoro esse programa pois ele desmistifica toda a idéia que todos nós, pessoas na cidade, temos sobre a selva.

A selva é um local de vida e morte, de renovação. Se sobrevive na selva, o único que é capaz de viver nela (sendo ser humano) é o Tarzan e olhe lá. Não estou dizendo que as selvas são locais que deveriam ser exterminados, longe disso. Quero tocar no assunto que muitos eco-retardados tem a noção engraçada que é a selva é um grande coração amigo que está lá pra nos ajudar, quando na verdade a selva reflete nossos instintos mais primitivos - de caça e caçador, de sobrevivência e acima de tudo, imprevisibilidade. Ao menos é essa a idéia principal que esse programa passa.

Tá, claro que a gente pega algumas coisas "úteis", desde como fazer uma lareira, até uma cama segura para se dormir numa floresta vietnamita. Acho engraçado esse pessoal que adora defender as florestas quando reclamam de derrubar a árvore na pracinha de casa. Floresta mesmo é se jogar no meio da Amazônia, com aranhas venenosas, caminhos labirínticos, onças espreitando e tudo mais. E sobreviver a isso tudo pra contar história.

Talvez seja isso que o pessoal do exército, ou algum malucão de FARCs da vida talvez respeitem demais a floresta. Floresta não é um lugar pra ser amado, ou admirado. Nele repousa um instinto de sobrevivência, onde apenas os mais fortes e os escolhidos vivem pra contar história. Você não tem que amar a floresta, e sim respeitá-la, pois quando você está dentro dela e sozinho, você joga o jogo dela. Não é como na cidade que você tem que tomar cuidado com algum alçapão na rua, ou aquele motorista barbeiro. De fato, as cidades refletem muito esse instinto da floresta, que é exatamente o fato de que se você não ficar esperto e sobreviver, será a próxima presa.

E quarta-feira vai passar um documentário ótimo chamado Brasília - A construção de um sonho, contando a História dessa magnífica cidade, produzido pela Discovery Brasil. Ao menos pelo comercial parece que vale a pena! Brasília tem uma história muito curiosa, que pouca gente conhece.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog