quarta-feira, 26 de maio de 2010

May 25th, 199...


Todo ano deixo uma rosa pra você.
Gostava tanto de rosas, não?

Engraçado que em tantos anos nunca senti tanto sua falta como sinto hoje, minha aquariana amada. Quando minha última namorada terminou comigo tive vontade de deixar tudo, voltar lá pro lugar que vivíamos felizes, mas...

...Infelizmente você não está mais entre nós.
Mas tive vontade de correr para seus braços.

Um dos últimos recados que você me deixou foi pra que eu continuasse e seguisse com minha vida, mesmo sem você mais sequer estando viva. Mas é tão difícil ficar sem você. Você é meu segredo, você é o detalhe que se foi. Minha querida amada, minha italiana baixinha e nervosa. Você levou meu lado sério, levou minhas esperanças, levou minha vontade de viver por várias vezes. Queria saber quando você aparecerá pra me devolver tudo isso.

Você faz tanta falta. Mas ao mesmo tempo ninguém pode saber de você. Queria que a tragédia nunca tivesse acontecido, e um dia, "por acaso", esbarrasse em você. Se isso acontecesse, não duvido que deixaria absolutamente tudo pra trás e ficaria com você.

Mas isso, é impossível. Ao menos nessa vida.
Amo-te, minha ragazza.

E esse ano, mais do que todos, tentarei mais uma vez seguir minha vida, achar outros amores, outras paixões. Apenas me prometa que, lá no final de nossas vidas, você estará me esperando? Me prometa...

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog