sexta-feira, 4 de junho de 2010

psycho DIARIES - Chapter one



"Both three of you are like poison: once got into your smell, you get addicted and dies".

Vocês são um veneno da psicopatia. Não sei também se é correto, mas sempre na vida aparecem trios, o mal sempre caminha vindo de três em três, e no caso não foi diferente. Gostaria de imaginar como seria se fosse uma vez as três juntas. Sem dúvidas, uma briga aconteceria, e sem dúvidas já sei quem sairia o vencedor.

...Continuam como uma merda de zumbido na minha cabeça...

Garçom, preciso de mais uma dose disso. Não sou mais Alain, tenho um outro nome. Digo que não bebo, mas bebo bastante. Fumava dois maços de cigarro, hoje estou acostumado a cheirar gasolina aditivada. Queria uma vez encontrar aquele cara do passado, que chamavam de outro nome, dar-lhe um belo dum tapa nas costas e dizer: "É nisso seu idiota que você vai se tornar amanhã. Não se envolva com essas putas e continue sendo esse cara bacana, idiota e virgem. Senão, você vai crescer e vai virar um merda que continua comendo ninguém".

Mas não, merda. Eu TIVE que me meter com três desmioladas, que uma depois da outra me enfiaram num buraco pior e pior.

E agora cá estou, num copo uma forte bebida, no outro o veneno da psicopatia. Poderia misturar ambos, tragar num único gole.

Esse veneno tem um bom cheiro, acho que no fundo o que funciona com ratos funciona com seres humanos: a gente cheira, vê algo bom, dá uma mordida e... Créu. A gente morre. Somos atraídos por uma aparência, inclusive quando é com mulheres, mas quando caímos na sua conversa viramos a isca e somos nós os comidos no final.

E
E

E...
...Nós nos fudemos no fim das contas. Vacas.
me dá esse veneno. No fundo as pessoas são assim, se a gente não tem um veneno pra envenenar os outros, somos nós os envenenados amanhã.



 

Continua... 

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog