domingo, 25 de julho de 2010

Parabéns para mim...


Fim de semana (e semana!) no mínimo memorável.

Fiz aniversário na quinta, recebi uma surpresa bacana na Fundação. Me deram uma camisa, compraram até bolo pra mim, achei massa! Kátia soube escolher muitíssimo bem, mesmo tendo sido uma quinta-feira cheia de trabalho, corrida e muitas reuniões. E meu aniversário, claro.

Na sexta, mamma me comprou um sapato social de bico fino muito bonito, além de uma bolsa nova pra levar as coisas da academia. Bonitona, da Asics. Por fim, veio o tão esperado sábado. De manhã fui junto com a Vera (e mais uma amiga dela que esqueci o nome, sorry) buscar o kit de corrida e fomos pra uma padoca comprar um pedaço de bolo pra comemorar meu aniversário que... No final das contas nem tinha bolo lá, e isso porque era uma padaria chique ali do Jd Europa. =P

Mas valeu o passeio! Foi divertido. Vera é muito comédia, hahaha. Leonina como eu, tem várias manias que só a gente que é desse signo entende.

No sábado a noite foi espetacular. Juntamos toda a galera para ir no Karaokê, onde nos acabamos cantando desde aqueles pagodões porcos, Lua de Cristal, Bagaço da Laranja (já é um clássico!) e até Arashi. Sim, isso mesmo, Arashi. Duas horas voaram, infelizmente. Deu pra cantar bastante, dar muita risada, bater várias fotos e rever aquela galera que sempre que a gente tira férias eles vão viajar pra Marte e perdemos o contato muito fácil.

Denise me deu o DECADE 1998-2002 do Dir en grey original lá do Japão. *_* É tão lindo, nem tive coragem de abrir ainda, adorei, adorei, adorei. É uma coletânea do Dir en Grey, meu primeiro álbum original deles! Valeu Dê!! Te adoro muitão! \o\ Vou cuidar dele como ouro!

Por fim, corrida das 10 milhas Mizuno hoje. Dormi muito pouco essa noite pra encarar a corrida, eu acho. =P

8 quilômetros, saindo do Jóquei Clube, correndo em algumas ruazinhas ali nas proximidades, voltando pro Jóquei (ufa!) passando pelos quilos de esterco equino. Até meu pai perguntou como era lá dentro do Jóquei, ele nunca entrou. Eu fico muito concentrado na corrida, não costumo observar muito a minha volta, nem as pessoas, apenas o chão. A única coisa que lembro é que aquilo correndo a pé é IMENSO, muito maior do que a impressão que se tem passando de carro na Marginal na frente dela. E fede a bosta.

Acho que fiz num tempo admirável, ainda chuto que esteja abaixo dos cinquenta minutos (sendo BEM otimista!) e a terceira medalha, e terceira competição (na foto!)!

Muitíssimo obrigado a todos que ajudaram a fazer esse fim de semana memorável. Foi sem dúvida, um dos melhores aniversários que eu tive. Todos vocês moram no meu coração, valeu mesmo!

Pra quem não teve inferno astral tão ruim como ano passado (pneumonia, lembra?), ainda receber tanta coisa boa, assim fico mal acostumado. =P

1 comentários:

verinha disse...

É Alessandra o nome da minha amiga. Ah, tô te devendo um bolo... fica pro próximo aniversário...rs

Postar um comentário

Arquivos do blog