terça-feira, 5 de outubro de 2010

Mundo de Matrix

Eu odeio esse marasmo.

Hoje nada no dia fazia sentido. Não sei se foi por causa dos Beatles e suas mensagens subliminares nas músicas, ou algo do gênero. Dormi no ônibus. Acordei, ele mal tinha saído do local.
Cheguei ao trabalho quase que atrasado. Cheguei com uma dor de barriga, e a menina que nunca vi falar na vida estava falando pelos cotovelos. E tinha chegado antes de mim ao serviço.

Trânsito infernal logo ás 8h da manhã. Não entendi o porquê, mas tinha uma loura com uma bunda gigantesca me encarando no ônibus. Pensei que tinha alguma coisa na minha cara, pra ela fazer aquela cara estranha.
Chegando no trabalho a menina da recepção me olhou com uma cara similar.
E a dor de barriga aumentando. Fui ao banheiro e só caguei pedrinhas. Seria grande bosta, mas foi apenas pedrinhas de bosta.

E minha cabeça tá com um zumbido estranho no ouvido direito.
Realmente, hoje começou um dia estranhíssimo.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog