domingo, 3 de outubro de 2010

"Você é a pessoa que eu mais me orgulho nessa vida".

Estava eu sentado embaixo de uma árvore. Ouvi uns passos ao longe, mas não me virei. Parecia uma criança emburrada, e de fato era. Devia ter uns doze anos pra menos, acho. Ouvi uma voz masculina bem grave ao fundo.

"Ora, te achei. O que está fazendo aí?", disse o homem.

"Estou só ficando longe daquele pessoal ali. Pra variar estão falando mal do meu irmão mais velho bem alto pra eu ouvir. Bando de moleques idiotas..."

"Não... Não me diga que você bateu neles?", ele argumentou gaguejando e com medo.

"Não! Claro que não. Meu irmão ensinou que se ganha muito mais protegendo do que agredindo as pessoas. Tenho que acreditar nisso, senão..."

"...Senão você já teria partido pra cima deles?", ele finalizou, fiquei quieto, e ele por sua vez sentou do meu lado.

Naquela hora passou um vento gelado. Eu era apenas mais uma criança gorda e antipática, tímida e chata. Não sabia sequer sorrir, mas aprendi a sorrir bem mais tarde. Já naquela época minha vida tinha um aspecto muito cinzento, algo que demoraria pra superar. E mesmo hoje, ainda luto pra superar. Foi então naquele vento, cheio de folhinhas caindo, que o velho homem me disse algumas coisas que jamais esquecerei.

"Não deve ser assim. Cada um carrega o que o destino que aguenta. Você é mais forte ainda que o seu irmão, e sem dúvida esse caminho que você vai trilhar vai servir de exemplo pra outros".

Não entendi bolhufas. Mas mesmo assim aquelas palavras ficaram gravadas com caneta na minha memória.

"Bondade, sabedoria e força. Não poderia ser mais feliz do que agora, por estar ao seu lado. Em outras palavras, você é a pessoa que eu mais me orgulho nessa vida".

Meus olhos começaram a lacrimejar e levei o braço pra enxugá-los, como toda criança faria.

"Ah, seu idiota... Agora que você disse isso não vou deixar você ir embora nunca! Nem que me implore!!", eu disse, ouvindo as suas risadas ao fundo.

"Hahaha! Não se preocupe! Isso jamais vai acontecer. Você já estará andando com suas próprias pernas muito em breve! hahaha!!"

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog