domingo, 12 de junho de 2011

Weltenburger Hefe-Weissbier Hell

 
Tive uma surpresa quando a vi na geladeira. Mal esperava pra experimentar.

Primeiro o nome eu tinha esquecido, mas o sabor não. Sabor tem história. Parece que é a cervejaria de monges mais antiga da história. Sim, existiu um tempo em que os monges não faziam só pãozinho pra ser vendido no metrô São Bento. Eles faziam cerveja. E BOAS cervejas!

Cremosa, levemente ácida, encorpada, com uma belíssima cor e uma textura um pouco pesada e marcante. Achei um pouco doce também, mesmo com um tiquinho de acidez.

Mas o que mais impressionou não foram esses fatores. Mas ela ser uma weiss! Tem trigo nela, abriu muito meu apetite e... é escura! Uniu minhas duas favoritas em uma só. Já entrou pra lista das especiais!

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog