sábado, 16 de julho de 2011

"Pai".

Bom, quero aproveitar o momento. Talvez você tenha uma figura paterna calma, timida, que lhe dá coisas quando vc precisa sem pestanejar entre outras vantagens. Aqui é bem diferente.

Nesse momento estou na minha cama. Meu pai começou uma briga por causa do refrigerante que acabou. Mas não é apenas uma briguinha simples, mas ele sempre exagera, diz que é maltrado por uma familia que ele diz que não o ama, que ele trabalha de segunda a sabado e não damos valor ao dinheiro dele. Isso é só um exemplo dessa visão deturpada das coisas que ele tem.

Cara... Não quero discutir as razões dele, mas essa é uma cruz que carrego a vida inteira. A vida é difícil demais pra se viver em paz? Será que eu ja não tenho punição suficiente de ter a voz dele dentro da minha mente? Quanto e quanto tempo terei que viver com isso?
Published with Blogger-droid v1.7.1

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog