sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Cinema Paradiso

Assisti um filme que acho que qualquer apaixonado por cinema tem que ver. Cinema Paradiso remonta à época em que não existia "tevêlisão", torrent ou blu-ray.

As pessoas tinham como diversão exatamente ir ao cinema! Que era um point onde as pessoas fumavam, se encontravam, conversavam e tudo mais.

Cinemas não eram em shoppings, e os filmes eram bons (existiu essa época?). O cine belas-artes poderia ser encaixado nessa categoria, num época de vida boêmia, onde São Paulo não era tão grande e as pessoas iam do ponto A ao B sem grandes dificuldades. Tempos que já se foram!

Mas acima de tudo, mesmo parecendo bem saudosista, acho interessante o que o diretor italiano Giuseppe Tornatore (que é um dos fodões da Itália, diga-se de passagem) fez, que é mostrar o ciclo da vida, onde algumas pessoas que partipam hoje não participam amanhã, e vice-versa.

Nos deixam marcas, mas que independente disso um dia tudo acaba, tudo muda, aparece novas pessoas, novos lugares, novos desafios. Esse é o ciclo da vida.

Filme poético e clássico, daqueles que emocionam. Vale o Oscar que ganhou.
Cinema italiano sempre me emocionou profundamente.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog