sábado, 3 de setembro de 2011

O paralelepípedo.


Hoje acho que amadurecer trouxe uma visão nova de como guardar as lembranças como apenas lembranças, sem a vontade de "revivê-las". Essa lembrança é de setembro de 2009. Três anos!

Fiquei quase três anos sem pisar no Parque do Ibirapuera. Não sei, não gosto de ficar revisitando locais que me fazem lembrar de coisas que deveria esquecer. Fui na intenção de fazer uma coisa, acabei não fazendo, logo dei uma passeada no parque e pensei eu: acho que posso fazer uma visita ao local em que demos nosso primeiro beijo!

E fui. Obviamente mudou nada. Domingo no parque, muita gente, mas aquele nosso canto sempre foi vazio, parecendo uma ilhota isolada do resto do mar em fúria. Não lembrava direito como chegar, então no caminho fui revivendo aquele dia de primavera que ficamos juntos, e cheguei facinho lá. =)

Lembrei de todas as emoções, do que conversamos no momento, os calafrios, as batidas do coração e o frio no estômago. Cheguei ao local e tirei essa foto e, por um momento, poderia jurar que quase nos vi novamente sentados naquele paralelepípedo que passa desapercebido por todos, mas que, ao menos eu, guardo boas lembranças.

Lembranças, apenas lembranças. Sei que você não quer conversar mais comigo, coisas de término de relacionamento. Hoje eu penso que de fato seria complicado um relacionamento entre nós, tínhamos valores e histórias de vida conflitantes, e se não tivéssemos parado tudo naquele momento, seria mais difícil para fazer isso depois.

Uma vegetariana e um carnívoro seria roteiro de dramalhão mexicano!

Foi duro, mas o melhor a ser feito no momento. Hoje eu penso assim, e não nutro mais nenhum tipo de mágoa daquele dia de outubro em que você pegou na minha mão, olhou nos meus olhos e disse "Quero terminar com você".

Quando vi aquele local, eu dei um sorrisinho! Mas não sinto vontades de reviver coisas do passado, nem nada do gênero. Apenas fiquei feliz em ter sentido o que senti naquele momento e hoje nutrir uma saudade sadia de um momento que passou.

Bola pra frente!

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog