quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Como pude me esquecer disso?

Próximo do dia das crianças muitas pessoas modificaram suas fotos no perfil com um desenho animado. Independente de quem se dizia ser autor dessa ideia, e qual os motivos que levavam as pessoas a tal ato, resolvi entrar na brincadeira.

Escolhi ser o Seiya. Hoje fui trocar a imagem de volta, e fiquei olhando atentamente.

Pra muitos talvez o Seiya seja aquele protagonista idiota, que sempre se levanta, nunca é derrotado. Mas pra mim ele sempre significou duas coisas: esperança e perseverança. Embora sempre adorasse ele, sou um ser humano, ás vezes a gente acaba, eventualmente, perdendo a esperança.

Seiya, você me moldou como é hoje sem nunca ter existido de verdade. Manter a esperança, nunca desistir. Como eu pude esquecer isso?

Sempre devemos nos erguer dia após dia, permanecer sempre em frente, acreditar que depois de tanta luta virão dias melhores. E mesmo que esses dias melhores cheguem, outros melhores ainda virão, e sempre teremos vilões, rivais, cavaleiros de ouro, generais marinas, espectros de hades e deuses na nossa frente.

Mas sempre derrotaremos para manter a chama da justiça acesa, e lutar pelo bem do mundo.


Mudei a foto hoje e dei tchau pra você. Mas acho que "ser" o Seiya, nem que seja por essas semanas que troquei a foto no Facebook, era exatamente tudo o que precisava. Obrigado por tudo, Pégaso.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog