sábado, 3 de dezembro de 2011

Final Fantasy 2

Terminei na quinta o meu segundo Final Fantasy. Dessa vez, como já tinha jogado o Final Fantasy I, fui pro segundo da série. Aqui rola uma confusão, porque nos Estados Unidos o Final Fantasy V foi lançado como Final Fantasy II. Já o original Final Fantasy II nipônico nunca tinha sido lançado no lado de cá de Greenwich. Agora já foi lançado, nos remakes comemorativos da Square.

Nele o interessante é que tem uma história com personagens mesmo. Ao contrário do primeiro, onde você dava nome, classe e tudo pra eles que eram denominados apenas como "Warriors of Light". Agora temos o Firion (esse viadinho aqui do lado) a Maria (uma menina mal comida) e o Guy (um grandão mongolóide).

Enredo interessante, mas por ser uma mecânica totalmente diferente do primeiro, demorei a me acostumar. Você aumenta o nível das coisas separadamente. Por exemplo, pra aumentar o nível da magia você deve usá-la na batalha. Parece simples e lógico, mas demorei a sacar isso. Nos outros tudo aumentava junto. Aqui é tudo separado.

Tirando isso, é um jogo onde na história todo mundo morre. Se já no primeiro eu não consegui nenhum "Game Over" (mas fiquei muito próximo), nesse eu morri umas dez vezes (mas calma, tava salvo...!). E os personagens que sempre ajudam morrem nas garras do temido Imperador.

Aliás, é um bom vilão. Pelo menos mais carismático que o Chaos do primeiro. Aliás, Final Fantasy sempre capricharam bastante nas batalhas finais. Quem não ficou com o cu na mão com ExDeath, Kefka, Sephiroth e Ultimecia que taque a primeira pedra. É batalha das pesadas, complicadas, cansativas, e depois... Boom! Fim de jogo, terminou, tchau e benção.

Mas dá pra perceber que alguns elementos conceituais nos enredos de Final Fantasy que continuaram firmes nas outras versões que começaram aqui. Especialmente as "cenas", mesmo sendo um jogo originalmente do NES.

Nota 8.0! Eu sinto falta do Flare fudido que eu tinha no Final Fantasy I. E um White Mage ajudaria bastante.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog