segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Livros 2012 - #0 - Bilionários por acaso.

Meu maior medo desde que terminei a faculdade é ficar burro.

De me acomodar e aí ferrar com tudo. Ler nesse caso é essencial para manter o cérebro ativo, com leitura criamos fundamento e conseguimos argumentar. Até porque eu ás vezes acho que a maior argumentação acontece justo dentro da minha cabeça.

Vou tentar ler no mínimo um livro por mês. Dos mais variados temas e tentar escrever sobre. Como hoje é dia 2 de janeiro e não li nada ainda, vou começar com o último que eu li em 2011 ainda. Bilionários por acaso - A criação do facebook. De Ben Mezrich.

Livro conta todo o rolo da criação do Facebosta, mas pelo ponto de vista dos que se fuderam na história toda. Incluindo Eduardo Saverin, o playboyzinho loser brasileiro que foi morar em Miami, e os gêmeos mongos Cameron e Tyler Winklevoss, e um indiano lá que não tem nenhuma importância na história.

Quando li no prefácio que não tinha depoimento do próprio Mark Zukkerberg já duvidei da veracidade do livro. Poxa, é a mesma coisa de pedir pra eu fazer um depoimento dos meus inimigos usando apenas meu ponto de vista. Sacanagem.

Livro escrito de uma forma que parece que os americanos gostam bastante - estilo que virou marca do Dan Brown, os livros cinematográficos. Usa detalhes rápidos, descreve rápido a cena, fala o que cada um está fazendo, traz riqueza em certos detalhes e negligencia tantos outros.

Gostei da tradução por usar os palavrões também em português (algo mais comum em livros do que filmes). Deixou a linguagem mais jovem e realista. Por exemplo, no cartão de Mark Zukkerberg está escrito em inglês: "I'm the CEO, bitch!", e em português ficou "Eu sou o CEO, porra!". Bem adaptado!

Palavrões são um elemento da comunicação e dificilmente deve ser menosprezado. E eu já falei o que acho sobre isso.

Vale dar uma lida pra se ter medo de Mark Zukkerberg. Aliás, a namorada dele é gatíssima. É um reflexo da desigualdade social. Uns tem tanto e outros tem tão pouco:


0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog