quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Da Vinci: Um quase designer.

Embora eu não seja um grande fã de suas obras, desde moleque e, acredito até hoje, admiro muito Leonardo Da Vinci. Ele é Da Vinci eu sou De Paula, temos muito em comum, hehe.

Acho que teríamos muito a aprender com o Leo (para os íntimos). Pintor, arquiteto, anatomista, engenheiro e escultor. E mais uma porrada de coisa. Acima de tudo Leonardo era um cara curioso, mesmo que muitos artistas, desde antes dele até mesmo os atuais, nutram uma criatividade igual.

Quem sabe um dia meu quadro será exposto num Louvre da vida daqui uns 500 anos igual a Monalisa? Até as três moiras eu pintei com um significado, quem sabe vão criar teorias pra dizer quem são as três damas da pintura? Vale sonhar um pouco.

Da Vinci era um curioso. Acho que ele não devia ser um daqueles caras que se vangloriam por saber de três ou quatro coisas. Devia ser o tipo de cara que não tinha vergonha de perguntar como algo funcionasse ou como algo era. Acredito nisso. Acima de tudo não tinha vergonha de arriscar, tentar aprender algo novo ou totalmente diferente do que estivesse acostumado.

Muito se dá também pela lenda mítica que criaram entorno dele. Oras, Michelangelo também era um grande artista, anatomista, escultor, arquiteto e engenheiro e era seu grande rival.

Mas Da Vinci era um filho bastardo, que se matou pra aprender latim pra entender Vitrúvio (afinal era proibido pra quem não fosse filho legítimo) entrou num ateliê de um maluco (Verocchio) e arriscava usar uma "tecnologia" que um maluco holandês tinha criado que prometia acabar com a têmpera e dar mais suavidade - a tinta a óleo, criação atribuída ao Jan Van Eyck.

Talvez fosse essa coisa da superação. Um cara onde não tinha onde cair morto, diferente de outros contemporâneos seus evoluiu socialmente e ganhou notoriedade - mesmo ele, na minha opinião, sendo um grande preguiçoso também.

E hoje, pra minha felicidade vejo uma notícia sobre a "segunda Monalisa" (será que era do Alibrandi?), feita por um discípulo dele, com a mesma gostosa que Da Vinci deu uma "pintada".

Eu tenho uma teoria! Acho que a Monalisa jogou o Da Vinci numa friendzone ferrada, e como nem um beijinho ele conseguiu, fez um quadro dela. Nada diferente de mim, né Leo? Como aqui, aqui, aqui e mais essa.

Acho que se nós daríamos uns bons amigos de boteco, meu caro.

Garçom! Desce mais uma breja pra mim e pro Leo aqui. Ele não comeu a Monalisa, coitado...

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog