sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

São Paulo crítica. Qualquer erro é inadmissível.


São Paulo opera no limite. Qualquer erro é fatal. E isso altera a vida de centenas ou até milhares de pessoas.

Das linhas da CPTM a Linha Esmeralda é considerada a mais próxima do "padrão metrô". Desconsiderando os dias de chuva e seus trens de açúcar. Ontem houve um descarrilhamento de um trem. Pra imprensa o trem estava vazio, mas parece que não foi bem assim.

São Paulo caminha parada no trânsito rumo a sua destruição. Todos adoram apontar soluções, como acabar com as cidades-dormitórios (os locais onde as pessoas apenas vão pra dormir, já que trabalham no outro lado da cidade) para melhorar o trânsito. Mas ninguém quer dar casa pra pobre no meio de Moema, super valorizado.

Óbvio que muito da culpa são das licenças ambientais quando se tem um mínimo de vontade política. Será que custa muito repensarem isso? Quando teremos um político que seja mais forte do que a ganância das empresas e dos sindicatos? Políticos que lutem pela vontade do povo, pois isso é a democracia que esse país nunca vê.

Isso quando não tem jornais que inventam merda.

Como eu disse no vídeo não foi a primeira e nem será a última. Será que custa muito votar direito nas eleições pra tentar amenizar um pouco isso? Shanghai em 15 anos fizeram mais de 200 estações. São Paulo mal tem 50, isso porque começou a construção do seu "metrôzinho" na década de 70.

40 anos e nada.

Vocês governadores são um bando de vagabundos mesmo.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog