segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Novos rebentos.

Na minha geração da família eu sou o primogênito. Como não tenho muito contato com os parentes paternos, os que foram criados comigo foram os por parte materna. Primos e meu irmão.

Minha avó sempre imaginava que eu seria o primeiro a lhe dar um bisneto. Minha avó é relativamente jovem, tem pouco menos de setenta anos, ao contrário de muitos amigos meus que nem a avó ainda está viva. E eu, sendo o mais velho da trupe toda, sempre teve uma pressãozinha a mais pra que eu deixasse alguma donzela prenha.

Dias atrás minha prima apareceu grávida. Ok, ela tem mais de vinte anos, mas algumas pessoas olharam pra mim pois esperavam que eu fosse o primeiro.

Na minha idade meu pai já estava casado e já tinha um filho de três anos, no caso, eu. E todos na família sempre tiveram filhos muito cedo, tanto por parte de pai (meu avô engravidou minha avó antes de casarem) quanto por parte de mãe. Exceto meus bisavós que até que demoraram pra ter filhos, depois dos trinta.

E minha prima esses dias descobriu que está grávida.

Eu já disse o que penso sobre paternidade aqui. Mas não deixaram de olhar pra mim com um olharzinho de cobrança, que esperava que o mais velho fosse o primeiro.

Coisas da vida, hehe.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog