segunda-feira, 20 de maio de 2013

Final Fantasy XIII-2

A Square começou com essa modinha depois do final triste sem o casal Yuna e Tidus no final do Final Fantasy X. E mais uma vez, repetiu a dose criando uma continuação de um dos seus capítulos.

Eu queria terminar o jogo, mas vi que ele é maior que eu pensava, hehe. Então vou falar dele agora. Eu gostei muito de Final Fantasy XIII. Já escrevi sobre. Resolvi dar uma chance para sua continuação, o "treze-dois".

Nele, você continua exatamente de onde termina o XIII, depois que Cocoon é salva com o sacrifício da Fang e Vanille e depois que a ninfeta da Serah encontra sua irmã, a Lightning. Você passa o Final Fantasy XIII inteiro para salvar a Serah, e no XIII-2 basicamente você controla a Serah que quer salvar a Lightning. Simplesmente o contrário, hehe.

O sistema de lutas continua ótimo. Esse coisa de "paradigms" é genial e ajuda a melhorar a luta ao mesmo tempo que cria muitas possibilidades de táticas. Achei que o crystarium facilitou mais e ficou mais dinâmico, e esse sistema de ter seus próprios monstrinhos pra lutar é uma boa sacada. E ele teve uma sacada que animou muito a galera que era tirar a linearidade, que sinceramente, não achei um aspecto ruim de Final Fantasy XIII. Gostei do jogo do jeito que era. Só elogios.

E mais uma vez, a Square arrasa no roteiro. A Square é quase uma Disney japonesa, eles já provaram com Kingdom Hearts juntando os cabeludos de Final Fantasy com Pato Donald e o Pateta. Não me fez chorar igual em alguns momentos do FF13, mas em alguns me emocionaram bastante. Várias viagens no tempo, locais diferentes, e o que acho mais legal é que os dois protagonistas - a Serah Farron e o Noel Kreiss - são como um passado distante (Serah) e um futuro distante (Noel) e os dois devem trabalhar juntos no tempo que existe no meio deles - o futuro da Serah e o passado do Noel. Enfim, só jogando pra entender.

Acho que se tenho uma reclamação é com as vozes. Tem dubladores que são ótimos, a Alli Hillis gostosa continua arrebentando na voz da Lightning, e esse tal de Jason Marsden manda muito bem na voz do Noel. Mas a Laura Bailey, que faz a voz da Serah, ficou muito a desejar. Não sei se ela estava realmente cansada de fazer a voz dela ou se ela queria pela voz dar uma amadurecida na gostosinha da Serah. Faltou emoção em diversas partes.

Mas a vida prossegue. Será que o Noel irá passar a mão na Serah e deixar o Snow chupando dedo? Só o tempo dirá, hehe.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog