terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Os desafios de um treinamento budista.

Budismo é uma religião única. Temos suporte espiritual pra enfrentar de cara limpa as coisas que acontecem na frente. Você nunca verá um budista dizendo que sua vida é apenas um mar de rosas - e sim das milhares de coisas que ele superou na sua caminhada.

Hoje, navegando na internet, achei uma vaga de emprego. Só que a vaga é na minha empresa, e é pra basicamente fazer o que eu faço, e ganhando muito mais que eu. Até mesmo o e-mail da minha gerente tem aí. Sem dúvida vem algo aí, e não acho que vou ganhar um companheiro de trabalho, e sim que vão me demitir e colocar outro no lugar:


Ao comentar isso com uma amiga ela estranhou minha calmaria. Disse que se fosse com ela, provavelmente ficaria revoltada, não ia mais fazer questão de trabalhar, nem nada. Mas eu estou tranquilo. Sei que isso faz parte do meu treinamento para que eu me torne uma pessoa melhor. O motivo da demissão ainda não sei, aliás nem sei direito se vai rolar. Vi vários anúncios de alguém tomar minha vaga desde dezembro, e o salário só vem aumentando, resumindo muito o quão difícil deve estar pra arranjarem alguém.

Ao mesmo tempo fico muito grato aos Budas, pois mesmo que esse emprego nessa empresa nunca tenha sido o meu emprego dos sonhos, me ajudou a pagar a viagem pra Chicago, e ainda comprar todos os móveis do meu quarto, o que já é algo bastante gratificante por si só. Esse tipo de coisa é feito para "abalar" mesmo, mas meu coração está tranquilo, e sei que dei o meu melhor independente de qualquer coisa.

Sem dúvida tenho recebido muita proteção, e tenho certeza que logo vou colher tudo o que plantei, mesmo que plantar essas sementes tenha sido muito complicado. Não fui avisado, apenas achei a vaga num site de emprego hoje, mas independente de qualquer coisa deixarei nas mãos dos Budas. O que tiver que acontecer, acontecerá.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog