quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Pegasus Wings Decade 05-15 - #2

Eu nessa época ainda era muito influenciado por rock japonês (J-rock) e animes. Tanto que os próximos dois layouts são sobre isso. O ano ainda era 2006, a garota de cabelo cor-de-beringela havia passado pela minha vida, como um furacão, jogando tudo para o alto. Ao mesmo tempo estava fazendo uma faculdade que eu não curtia, arquitetura. Hoje em dia eu até curto, mas na época detestava!

Mas o final do ano chegou junto do vestibular pro Senac, e minha vida seria bem diferente daquele 2007 pra frente. Enfim iria começar a faculdade que eu gostaria, a profissão que amo, ser designer. Nesse ano de 2006 eu tinha muitas brigas com meu pai e tive muitas crises de depressão bem pesadas. De facto, não estava lá tão pronto para a vida que estava por vir. E ainda cursar uma faculdade que não gostava me dava mais medo ainda de ter um destino que eu não queria muito - ser arquiteto.

Os posts desse ano eram cheios de melancolia e tristeza. Eu os achei sempre tão bonitos! Dava pra quase ser um poeta.


#5 - Sakura no nie [桜のにえ] (Ago/2006 até Set/2006)
Eu adoro Saint Seiya, Rurouni Kenshin e outros animes, mas existe um mangá que eu adoro muito que é uma obra não tão conhecida da CLAMP, chamada X/1999 e seu predecessor, Tokyo Babylon. É uma história gay, mas quem disse que eu, sendo hétero, não posso admirar uma história gay? Pois eu achava simplesmente animal! E queria homenagear o meu personagem favorito, Seishirou Sakurazuka nesse layout.

Tanto que durante muito tempo eu usava o nome "Sir Alain de Paula Sakurazuka" pela internet afora em homenagem a esse personagem. O layout tem os elementos que fazem parte do personagem, desde o Subaru (que é a paixão dele), o cigarro, o pentagrama invertido, e óbvio, pétalas de cerejeira. Foi um layout bem legal de fazer, bem diferente daquele primeiro que queria lançar. O trabalho ficou bem melhor e mais condizente com o personagem que queria homenagear.


#6 - redDie (Out/2006 até Nov/2006)
Um tributo ao guitarrista da minha banda de J-rock favorita: Dir en Grey. O guitarrista é o Die (no caso, se fala como em inglês mesmo, algo como "da-i"), e ele sempre gostou da cor vermelha, que é minha cor favorita e a cor do meu cabelo nessa época, hehe. É outro layout com toques de flash no topo, era um efeito meio mizera de gotas caindo num espelho d'água, mas quebrava um galho.

Como era rock japonês, com todo o seu aspecto caótico, tentei passar isso de alguma forma no layout. Existem muitos elementos que quebram o contínuo do layout do blog, se vocês repararem. Formas aleatórias, ficou algo bem curioso. Além do vermelho. Vermelho é uma cor bem difícil em design, pois é muito gritante. Mas ainda assim ficou um resultado interessante. A brincadeira do nome "redDie" tem a ver com "red" (vermelho) e "Die", o nome do guitarrista.


#7 - Pegasus Legacy (Dez/2006 até Jan/2007)
Primeiro layout do aniversário do blog! Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça! Esse foi mais um design inusitado. Eu queria usar o tema de "legado", isso é, o que cada coisa em cada época da minha vida deixou de influência. Talvez eu bebê não tenha deixado muita coisa de influência (eu só coloquei uns brinquedos), mas a imagem está lá, no topo esquerdo. No topo direito está eu numa foto da pré-escola com o que mais me influenciou na época: Saint Seiya.

Na parte debaixo temos eu na oitava série, cujo legado dessa época que deixei pra mim mesmo foi ter o Michael Jackson como inspiração máxima, aí tinha uma foto atual minha cabeludo em 2006 (dava um trabalho do capeta manter o cabelo assim, eu gastava muita tinta pra deixar ele ruivo) e do outro lado eu na formatura do ensino médio com Rurouni Kenshin como influência.

Os posts do blog apareciam nesse centro aí. Era uma div com overflow em HTML (ok, isso é grego pra muitos leitores). Dá pra ver a barrinha ali pra descer a página. O layout era basicamente isso, e os posts tinham que ser lidos ali no centro. É o meu primeiro e único layout "horizontal", que não usava a barra do navegador pra descer a página. Se deu certo? Sei lá. Mas ficou bem diferente.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog