segunda-feira, 23 de julho de 2018

Três festas, um aniversário, três demissões e... Trinta anos!


Enfim trintei.

Faz tempo que não posto coisas pessoais, a verdade é que as coisas não andam exatamente muito propícias na minha vida, e é um exercício de gratidão constante pelo que eu ainda tenho, então mesmo vivendo no meio do furacão nos últimos anos, sei que é um exercício de amadurecimento à base de choque, hahaha.

Mas não quer dizer que não aconteçam coisas boas. Coisas boas assim são motivos para a gente agradecer de joelhos pela tonelada de compaixão que recebemos lá de cima.

Sábado (21) eu tive duas festas. Foi ótimo rever minha amiga Neusa e a filhinha, Rabiatu. A Rabi fez três anos, e ela nasceu no dia 21, um dia antes de mim! E a noite foi bom ter ido na Naiara e comido pizza com os parentes dela e mais um bolo!

Domingo vovó fez uma festa no dia do meu aniversário para comemorar o meu e dos meus dois primos (que também são netos dela, obviamente) que fazem em julho. Foi também algo memorável.

Meu pai ficou mal-humorado a semana inteira. Eu fiquei pensando que era por conta do meu aniversário (que ele nem deu os parabéns, só deu quando eu comentei com minha mãe que eu estava triste por ele nem ter dado a mínima), mas hoje vi que ele foi demitido. Terceira demissão de 2018.

Deve ser complicado. Alguém que trabalhou na mesma firma por mais de trinta anos, ser demitido dessa empresa em janeiro, ter arranjado outro emprego e ter sido demitido, e ter arranjado mais um e acumulado uma terceira demissão.

Tenso.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog