quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Michael virou barganha.



Hoje, aniversário dele, a lenda! =)

Amo Michael Jackson. E quando a gente começa a ouvir ele pelo seu grande talento artístico e original, acaba querendo saber como um cara vai ter tantas ideias mirabolantes pra tentar fazer algo no mínimo 5% do universo que ele criou, seja com suas músicas, seus clipes, seus filmes ou obras.

Michael, pessoalmente, sempre teve uma visão um bocado anti-mercado. A Sony nunca escondeu que sempre quis espremê-lo como uma laranja, e sugar até o último gomo dele. Michael mesmo declarava pra imprensa diversas versas o quanto Tommy Motolla fazia de ruim pra ele.

E de fato, pra uma empresa de música ter um Michael Jackson não é algo pra qualquer um. Ninguém tem tanto apelo. Nem Britney Spears ou Lady GaGa juntas.

Antes da morte de Michael a própria Elisabeth Taylor alertou. E de fato, agora mais ainda as empresas vão usar a marca Michael Jackson de maneira muito mais forte. Jogos, DVDs, músicas inéditas, álbuns que já estavam gravados, letras de músicas, tudo virará milhões dentro dos bolsos de grandes empresários. Nunca haviam sido lançados até então.

E tiveram que esperar a infeliz morte dele pra isso acontecer.

Michael, em vida, sempre alertou que era isso que queriam fazer dele, fazer uma grande máquina de fazer dinheiro. Não sou fã do artista Michael Jackson, mas sou fã da pessoa Michael Jackson. Tenho que agradecer totalmente aos valores que ele me deixou como pessoa pra eu chegar onde estou hoje. Devo quase tudo que tenho ao Michael Jackson. E fico triste em ver esse circo que se formou já desde o momento do funeral dele pra cá.

Feliz aniversário, Michael! We all love you.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog