sábado, 20 de julho de 2013

Cecil Harvey e eu.

(não, esse post não tem o título de "E lá estava você")

Eu sei que eu deveria postar mais, mas esse mês foi atribulado, e eu estava tirando o visto americano. Deu tudo certo, mas eu quando estou cheio de problemas eu não consigo sentar relaxado pra escrever aqui.

Mas hoje eu estou! Hohoho.

Eu pausei um pouco as leituras pois consegui uma nova maneira de instalar jogos no PSP pra jogar. Eu joguei muito Dissidia Duodecim pro PSP e gostei bastante de conhecer os protagonistas e antagonistas da série Final Fantasy. Até esse momento eu já terminei quatro Final Fantasys: o primeiro, o segundo, o décimo-terceiro e a continuação desse, o décimo-terceiro dois. Dessa vez estou me aventurando no quarto.

Mas aí eu te pergunto, porque justo entre os treze jogos eu fui jogar justo o quarto pra jogar?

Pois quando joguei Dissidia (que é uma estória cruzada com todos os protagonistas/antagonistas da série inteira) eu gostei muito do Cecil Harvey, o protagonista do quarto. No jogo ele fica direto com o traje sombrio dele, como dark knight. Porém, mesmo tendo essa cara de vilão tipo B, o Cecil é bonzinho.

Ele é um cara que vive como um pêndulo entre seu lado heróico e sombrio. O lado heróico é ele como paladino, essa armadura branca. O lado sombrio é essa armadura escura. Isso me interessou.

Muitas pessoas talvez só conheçam meu lado "paladino", mas eu tenho um lado sombrio também, infelizmente. É algo que eu tenho que conviver, mas acho que melhorou bastante. Não que a resposta que eu encontrei fosse eliminar o lado sombrio e só deixar meu aspecto bondoso. Mas sim ter um meio-termo.

Tem um momento que o próprio Cecil fala no jogo que ele mesmo sendo um cavaleiro sombrio ele é uma pessoa bondosa. Porque de fato, até o momento em que você vira paladino o Cecil tem esse jeitão de vilão, igual ao Kain Highwind. Acho que o meu destino seja esse, mostrar que mesmo no meu lado sombrio eu posso fazer o bem para as pessoas próximas de mim.


0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog