quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Como é um treinamento budista. #3

Chegou o período do meio, do dia 27 até 30 de janeiro.

Como já disse antes, gosto muito de budismo também pois usa a palavra "treinamento" no lugar de "provação". Provação pros cristãos normalmente significa que é aquele super desafio que encaramos na vida, mas pra mim sempre soou que depois que passa pela provação, nunca mais acontece.

No budismo "treinamento" tem o mesmo conceito, mas acho que é bem melhor. Afinal, muitas vezes acabamos passando pelo mesmo treinamento, se aquilo foi como um parto da primeira vez, na segunda pode ser mais tranquilo pois já passamos por isso. E assim vai.

E quantos treinamentos!

A primeira foi um problema com os móveis do meu quarto novo. Fiz compras no Ponto Frio online, mas não vi que lá embaixo da página havia um item falando "Não nos responsabilizamos pela montagem dos produtos". Porque eles não colocam isso como um banner mais chamativo? Senão nem teria comprado!

Lembro que várias vezes ligava pro atendimento online deles (que é péssimo, no mínimo a ligação durava uma hora e meia) e, mesmo depois do chat oficial deles e o twitter falarem que a montagem iria ocorrer em alguns dias úteis, no final das contas eles voltaram atrás e falaram que havia o item escrito na página (minúsculo e discreto), logo era culpa minha e fiquei na mão.

E lembro que vendo um site de empregos meio sem querer, vi que estavam anunciando uma vaga similar à minha. Logo, isso só significava uma coisa, que eu estava a um passo de ser demitido do meu atual emprego. Porém, eu acho que depois de tantos treinamentos budistas, aquilo não me abalava. Sabia que a empresa está falindo - era melhor pular do barco fora enquanto dava tempo.

No dia 28 foi aniversário da tragédia na Boate Kiss. Sempre oferecia pedidos de consolação espiritual para os jovens que perderam suas vidas, esperando que assim a tristeza sobre as famílias fosse atenuada. Lembro que nesse ano fiquei assistindo ás notícias e fiquei muito feliz em ver que grande parte das notícias falavam de superação, da determinação dos pais, filhos e irmãos dos que perderam a vida na Boate Kiss. Independente das sentenças dos culpados, achei que isso foi um ótimo sinal de como o mundo espiritual e os Budas estão ajudando-os. Não via tanta tristeza, e sim relatos calorosos. Fiquei muito feliz e agradecido.

No dia 28 ofereci mais preces sinceras por todos eles.

Convidei mais pessoas, muitas inclusive que queria convidar encontrava pessoalmente na rua. A semana passou voando, e já estávamos no dia 31, e o período de fechamento iria começar!

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog