segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

Três dias. Os últimos três dias foram... Ótimos. Porque? Aconteceu aqui em São Paulo a tão aguardada Anime Dreams, conhecida pelo slogan "O evento mais aguardado das férias de janeiro". Depois que eu fui nos três dias do evento, enfim posso sentar-me calmamente, suspirar e pensar: Acabou.

Ainda estou me recuperando! Por causa do imenso calor que estava fazendo, aliado a um problema que eu tenho que transpiração em excesso, juntando com o meu pensamento incessante de que "Eu estou ótimo! Não preciso beber água!", posso confirmar que o que sinto atualmente é uma desidratação em excesso do meu corpo, uma fadiga imensa ainda domina todo o meu corpo e está acabando com a pouca vitalidade que eu tenho.

Mas e daí? Eu estou muito feliz! Graças ao meu sumiço do MSN e de quaisquer meios de comunicação, quando nos reencontramos com tantos amigos aí vemos pra que vale a pena entrar nesse programa de mensagens instantâneas... Jaque mais magra, Mandoka parece que cresceu (ou eu diminui...), conheci o Jeffs, irmão da Jaque, sem contar uma moça muito simpática que tinha uma lojinha lá que eu comprei muitas coisas legais (também amiga da srta Jaque). Mas graças ao meu grande senso de perdição, sempre me perdia deles quando passava um cosplayer bom, ou alguma loira escultural de olhos azuis quase brancos (acho que ela tava me dando mole, mas eu não percebi... Pra variar!).

Uma grande pessoa, e também uma grande surpresa, foi a Bruna (Utena). Pena que nós se barramos por pouco tempo, e sempre que eu via ela, estava longe pra caramba... Levou o priminho dela pro evento na sexta, e no domingo ela ficou com os amigos. Realmente... Sabe aquelas pessoas que nós imaginamos ser uma coisa e quando as vemos pessoalmente são pessoas melhores? Realmente Bruna, moça educada, responsável (cuidou do priminho e não tirou o olho dele em nada no evento!), talvez um pouco tímida (eu também estava muito tímido quando eu a vi, não sei se era o mesmo nela, heh)? Andar meio desengonçado, e muito sorridente. Quando eu a vi de relance primeira no evento, minutos depois de eu entrar e dar uma volta no evento, já a havia reconhecido, mas na hora fiquei muito surpreso e feliz que só fui "criar coragem" pra falar com ela bem mais tarde. Até tiramos fotos (vide flog).

Quer uma dica? Se forem num eventos desses bebam muita água. Pode ser refrigerante, suco, cerveja, enfim... Bebam mesmo sem vontade. Eu to aqui sofrendo pra caramba com desidratação e calor e amanhã ainda tenho um exame de sangue pra fazer, só vão achar merda no meu sangue assim... Mas não comam muito também, e o yakisoba grande, é realmente grande... Eu tava com fome, comi metade e já tava quase vomitando, já saciado faz tempo. Tentem não ficar muito perto do palco e tentem não gritar muito, to meio rouco e meio surdo.

De resto, caiam na gandaia. Eu fico aqui pensando pra que esses eventos prestam, tava discutindo isso com um cara que eu conheci lá no evento. De fato, quem vai nesse evento pra ver anime? Fala sério... A diversão lá é ver amigos, zuar pra caramba, fazer cosplay, fazer novas amizades também e comprar mangá. Comprar mangá? Diga-se de passagem... Comprei dois box do Evangelion por vinte reais! Espero ter a mesma chance nos eventos de julho. Mas eu vi anime também, Full Metal Alchemist que eu nunca tinha visto, vi o movie. Achei meio fraquinho, mas vale a pena (gostei do coronel, mas odiei o Al, eu acho... Um moleque que só sabia falar "nii-san!" pro Edward), sem contar que eu vi um movie do Final Fantasy VII no domingo muito bom!!!

Em suma, o evento foi ótimo. O maior problema é que, uma vez que eu não sou anti-sociável, sou muito solitário. Esse é um defeito ordinário que eu odeio em mim às vezes. Tenho a necessidade de ficar sozinho (de fato não me perdia sempre "por querer") e por isso vou me isolando. Mas ninguém nunca reclamou que eu era chato, ou que eu cuspia muito enquanto falava.

O "eu" verdadeiro é o cara que some sem deixar vestígios, o cara que quando todo mundo precisa ou pensa em mim já estou á quilômetros de distancia, ou aquele cara que fica no canto com cara pensativa. Não é timidez, longe disso. Já fui tímido. É apenas meu instinto que várias pessoas odeiam, mas infelizmente... Nada tenho a fazer contra (Gui sabe muito bem disso... Não apenas ele, claro, mas quase todos meus amigos do MSN).

Enfim... Estou pensando em fazer um cosplay de Metal Gear Solid, o primeiro (ou Twin Snakes). Preciso de uma mulher, mas se não tiver, pode ser um homem também. Tava pensando em encenar a cena em que o Psycho Mantis domina a mente da Meryl, ou a parte em que o Snake encontra Baker e o Ocelot aparece pela primeira vez. Posso interpretar qualquer um, Snake, Ocelot... Menos a Meryl. Minha bunda é grande, mas nem tanto...

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog