quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Não é um "adeus"! É um "até logo"!

Quando falaram que os amigos do colegial depois que terminam os estudos somem eu sempre esperei pelo pior mesmo. Cada um foi pra uma área, e tirando o fato de todos nós estarmos em humanas, somente isso temos para citar como coincidência. Dias atrás uma apareceu e depois todos parecem reunir. Ou melhor, quase todos.

Ah mas eu perco contato mesmo, haha... Não apareço em MSN, não dou numeros de celular nem endereço do cãozinho, haha... Por isso que falam que eu sou a pessoa que quando quer consegue sumir da face da Terra em dois tempos. xP

Nós quatro nos encontramos ontem, haha. Bons tempos. E isso porque no máximo tem uns quatro anos que nos separamos,  e eu pelo menos contava em esperar pelo menos uns dez anos pra termos novidades pra contar, porém pelo visto os quatro já deram histórias pra mais de um livro. Bom ver que o pessoal continua o mesmo e ao mesmo tempo mudou.

Quer dizer, agora estou na faculdade, e aquele povo também estão em suas respectivas, e como ninguém dos que me conhecia antes está estudando comigo tudo é exatamente novo, exatamente tudo é um mundo diferente do que eu estava acostumado. Afinal aquele mané do colegial deu lugar a um j-rocker melancólico e revoltado de hoje, hohoho! Mas como me disseram que ainda continuo o mesmo, diferente apenas das músicas que ouve, o jeito de andar e as roupas, acho que não foi um grande tempo para grandes mudanças.

Mas saudades mesmo. Denis, meu crente favorito, desistiu da medicina e foi pra direito. Meu deus... Ainda espero um dia saber o que eu tenho com advogados exatamente pelo fato de eu conhecer muitos, muitos mesmo. E ter amizade de muitos também, claro. Rafaela quase casou, haha... Mas está fazendo fisioterapia, enquanto a Bia vai começar letras e está noiva. Provável até que case este ano. O Denis também não dou nem um ano pra casar também, hihihi.

Tá na hora mesmo, hahah... E olha quem está falando?! Vou ficar quietinho.
Mas uma interna aqui só pra nós: Esse povo não perde tempo heim? kkkkk...

Não estava todo mundo, e nem somos os mais sumidos também não. Mas valeu o encontro de ontem! Ninguém dessa vez chorou, ao contrário da despedida do terceiro ano. Éramos realmente muito unidos, e no dia eu ainda tentei ficar segurando o máximo, mas todos sabem que eu ajo muito pela emoção, haha... Uma negada que fez falta, mas também veio uma nova negada na faculdade que são também excelentes, e provável que virão outras negadas de pessoas pra frente, mas como disse a psiquiatra: "No colegial que é o povo que mexe mais com a emoção né? Afinal éramos todos adolescentes, jovens descobrindo as coisas, as emoções, e a vida adulta muitas vezes acabam nos tornando um pouquinho mais frios, e não confiamos tanto nas pessoas como confiávamos nas pessoas e colegas no colegial e escola".

Acertou em gênero, número e grau.
E Biaaa! Não chora poxa. Não é um "adeus", é um "até logo!".

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog