segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Quando a lua não se uniu com o sol.

Quanto tempo. Pra quem espera há tanto tempo, um dia é muito, uma semana não passa e um mês parece ser tanto quanto um ano. Já tem uns três anos, e ela veio antes de qualquer uma que talvez vocês conheçam.

Antes de mais nada, esse é um dos muitos textos românticos. Mas dessa vez só tera um pouquinho de melancolia, mas estará repleto de felicidade.

Mas é a vida, certo amigos? Investir pode trazer ou não felicidade. Mas o importante, é investir, e tentar! E arriscar tudo numa cartada só muitas vezes. Poxa, tava lembrando um texto que eu escrevi no fotolog, já tem um bom tempo. Pra ser sincero, escrevi aquilo chorando - e não foi pouco. No mesmo dia cheguei meio triste na faculdade, não queria falar muito, e quando cheguei depois de ver minha mãe ir pra cama e eu pro meu quarto, me tranquei, abri o Firefox, upei a foto e digitei, e teve uma hora que eu simplesmente não parava de chorar, e depois dormi chorando mais ainda. Sério, tava pior que menininha que tem o coração partido pelo primeiro namoradinho, o problema é que eu tenho 1.85 m.... Mas admiro minha capacidade datilográfica, mesmo com os olhos marejados. Nunca me lembro de ter chorado tanto antes, nem quando criança, e embora algumas me fizeram derrubar algumas lágrimas, nunca nenhuma se comparou a essa e duvido que existirá alguma que se comparará.

Acho que é porque além de tudo consideramos a nós mesmos grandes amigos de longa data. E mesmo parecendo a maior hipocrisia, parecendo que eu falo isso pra todas, não consigo mesmo viver sem essa menina. Tentei mais uma vez, jogamos até Saint Seiya no PS2, Donkey Konga, mas no final, bem... Não foi dessa vez. Mas a entendo completamente. O coração dela ainda está lá, está no ex-namorado, e senhores, nunca se relacionem com uma garota com tendência ou ainda pensa no ex. Tenho mais do que motivos pra evitar isso pra sempre pelo resto da minha existência por um erro bobo de anos atrás. Só erra duas vezes quem quer.

Tentam explicar o que sinto, mas é tanta coisa misturada. É uma pessoa que eu confiaria minha vida, que compartilha de muitos problemas na vida como os meus, que tem os mesmos gostos e desgostos, que eu conheci na situação mais estranha  e improvável possível, que faz aniversário três dias antes de mim, mas eu sou um ano mais velho! Mas é acima de tudo aquela amizade de gente como eu (leia-se homem-com-grandes-tendência-a-ser-corno. Agora entenderam porque eu adoro o cantor Falcão?), que quer ver ela feliz com quem for nesse mundo, não porque eu "perdi", ou porque sei que ela dificilmente ficaria comigo, mas exatamente porque não tem nada nesse mundo que me faz mais feliz do que ver ela feliz, sorridente, cantarolando. Sério mesmo, por isso eu sou sempre chifrado por ser bonzinho e sincero, haha... Com ela eu sei bem que amor não é nada possessivo, nem mesquinho, nem ciumento. É apenas querer o bem do outro, e assim você fica bem também. Simples assim.

Sei lá. Dessa vez não vou derrubar nenhuma lágrima. ^^
Nenhuminha. Ops... Só umas que já foram hoje. Mas já estão enxugadas.

O que eu quero mais é que ela seja feliz, do fundo do coração. Se for comigo, poxa, ficarei lisonjeado, mas tão feliz ficaria quanto se for com outro também. Que seja minha amiga, nos bons, maus, seja com asiáticas, italianas, portuguesas ou tibetanas. Afinal só com isso já sou bastante feliz. Só com aquele sorrisão, aquela voz e até as sandices que fala. Mas só por essa vez queria algo "mais", mas não foi dessa vez, e mais uma vez. ^^

Te adoro Naiara, do fundo do coração. Mesmo sabendo que isso você não vai ler isso nunquinha também.

Momento nostalgia: um dia depois da faculdade, lá longe, em 2007, enquanto eu voltava com o meu saudoso amigo Éder (que infelizmente largou a faculdade) contei pra ele a nossa história. Ele falou: "Puxa, você poderia ao menos tentar né? Assim você veria esse sorriso dela não apenas uma vez por semana, mas todo dia. O que acha?". O que eu acho? Hahaha...

Amo!

^^

1 comentários:

::gabi:: disse...

L'Amour. Às vezes dói tanto que parece que a gente vai se esvair em lágrimas e literalmente virar vapor. Muitas vezes eu disse pra mim mesma: "é melhor parar de chorar antes que eu acabe por desidratar", hehehe, nunca funcionou, claro! -_- Mas é assim, acredito que não, você não tem vocação nenhuma pra ser corno e o fato de você se achar bonzinho de mais, só diz que há alguém muito especial pra você. Talvez não seja essa sua amiga Naiara, talvez seja...você nunca vai saber até acontecer. E acredite, quando você vir essa pessoa saberá que ela te completa e vice e versa. Mas amar é assim mesmo, não é egoísmo, é querer tão bem o outro que parece que a coisa mais importante que existe é a felicidade de quem se ama. Acredito nisso também! E como o grande amigo que você se tornou pra mim, também acho que a sua felicidade não está muito longe, just let it happen. =)
Beijos!

Postar um comentário

Arquivos do blog