quarta-feira, 22 de abril de 2009

Dramalhão asiático.

Atualmente ando vendo algumas novelinhas asiáticas. Hahah... Na verdade estamos numa época de uma realmente bem intensa, não que nunca tenha existido antes, mas agora com a web é bem mais possível e viável tais coisas, entre elas conhecermos e mostrarmos um pouquinho das culturas e fazer um intercâmbio supimpa, bicho.

O legal é que os dramas de lá não tem a duração de um Irmãos Coragem da vida, são coisas realmente bem pequenas, que se vacilar em uma semana você vê. Probleminha, óbvio, é o fato dos mirrors (servidores) estarem lá na ponta-do-pavio, e o streaming (download de dados em tempo real) acaba sendo meio lerdo. Mas quem estiver curioso acho que vale bem a pena. São estorinhas com romances, e em especial bem naquela linguagem meio rebuscada dos anos setenta e oitenta. Só que isso, eles tão vivendo por lá agora.

Uma que estou assistindo na medida do possível é Gong Zhu Xiao Mai, ou Romantic Princess, que é mais do que obviamente voltada a um público mais juvenil, mas é bonitinho. De uma menina que é de uma família humilde e quer ser rica, até que ela descobre que era de uma família rica e encontra sua família verdadeira que a havia abandonado. O resto tem uns romances, e as atrizes obviamente nem são lá o top de linha (o que não é novidade, pois atualmente quase nenhum ator na mídia de fato presta), mas dá pra se divertir, dar umas boas risadas e, óbvio, observar como mandarin é uma língua tão complicadinha que ninguém tem coragem depois de ouvir de dizer que japonês é difícil.

Estou também baixando um filme do boyzinho que as meninas mais suspiram nas terras orientais. O famoso filme do também cantor Chou Jay, "Secret". Parece bacana, baixei antes An empress and the warriors e curti, embora seja meio fraquinho. Porém esse segundo é dos chineses ditatoriais, não dos chineses mestiços da ilha, óvbio! Uma linguagem TOTALMENTE diferente, de fato. Pra quem quiser e ter curiosidade de ver sem precisar baixar, pode ver o acervo do MySoju. Tem até novelinhas koreanas lá, que são excelentes e com belíssimas pessoas, diga-se de passagem.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog