segunda-feira, 25 de maio de 2009

Baú do dono do baú.

Estive vendo alguns vídeos sobre ele, o maior ícone da televisão e querido por toda a população, Silvio Santos. Desde criança sempre gostei muito, assistia o Topa-tudo por dinheiro, Tentação, Qual é a música, enfim. Até a Casa dos Artistas eu não perdi. Ao mesmo tempo, Senor Abravanel sempre foi uma pessoa com uma excelente capacidade para falar, e fala muito bem.

E sinceramente acho que na tevê tem sim muita falsidade para apenas conseguir audiência. Não é errado, quem trabalha precisa de dinheiro, logo é nossa responsabilidade tentar discenir um pouco, raciocinar e tirar conclusões. Quero destacar dois vídeos hoje de duas falas excelentes dessa lenda viva que é Silvio Santos. Veio de uma infância como camelô, e hoje com muito trabalho e dedicação é dono de um dos grupos mais ricos e influentes no Brasil. Acima de tudo, Silvio Santos sempre demonstrou ser uma pessoa dedicada ao bem: fazendo o bem aos outros, Deus só lhe trará de volta em dobro. E Deus não vê se você é católico, ateu, judeu ou o que seja. Não importa como, mas ele te recompesará, cedo ou tarde.

Nesse vídeo acima é gravado num Show de Calouros (sim, na época que o Sérgio Mallandro, provável que seja de meados de 1988) e Silvio Santos conta exatamente sobre algo que, acredito eu também, não seja uma coisa pra se ficar falando por aí. Mesmo para as pessoas em nosso entorno, em rede nacional então é um feito raro. As suas origens familiares, a perseguição aos judeus e acima de tudo a união da família e de seus entes queridos.

Digo, vivemos numa época tão materialista e chata. Teve menina que não quis nada comigo porque eu não tinha um carro, pra terem uma noção do nível. E isso porque eu acredito ser um cara legal, hehe. Quer dizer então que ter ou não um carro é um fator determinante? Acho importante lembrarmos da honra, de sermos pessoas boas e atreladas com bons fluídos pois sempre isso nos enriquecerá e enriquecerá a todos.

Esse segundo é uma das famosas falas de Silvio Santos quando termina o Teleton. Sempre que está na hora final Silvio Santos aparece todo ano, e é sempre nessa hora que eu tento ligar a tevê e ver. E aquilo sai naturalmente, não se percebe que está com uma dália ou algo do tipo. Nessa mensagem ele fala exatamente sobre a importância de fazermos o bem, de refletirmos sobre o que fizemos no ano, seja coisas boas ou ruins antes de começar mais uma jornada.

Muita gente conhece o humorista, o excelente e imortal apresentador, mas acredito que é nesse momento em que Silvio Santos mostra mesmo seu melhor lado: o de ser humano bondoso, e não o dono da emissora do Chaves. E isso, acreditem, é enriquecedor demais.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog