sábado, 13 de junho de 2009

Fim do Ragnarök Online no Brasil - Parte 1

Em meados do segundo semestre de 2004 a empresa filipina LevelUp! Games instalou-se no Brasil trazendo consigo os direitos cedidos pela Gravity Corp - a empresa koreana que criou e gerencia o Ragnarok na Koréia e a versão americana/internacional. Durante alguns meses o jogo ainda em trial foi distribuído gratuitamente, ainda apenas em dois servidores: Chaos e Loki. Entrei mais ou menos em janeiro de 2005, aproveitei apenas um mês de jogo gratuito, depois ele tornou-se pago.

Sim, sou um dos fósseis! Não encontro mais quase ninguém que começou mais ou menos nessa fase a jogar. Três anos não é pra qualquer um, isso é um fato.

A situação que o jogo se encontra hoje é um fato que veio se extendendo desde lá atrás, até obviamente hoje, por meio de vários fatos que foram ocorrendo nesse meio tempo. Acontecendo tanto por parte de jogadores, como por parte da própria gerência da empresa.

No começo muitos jogadores reclamavam de hacking de suas contas. Embora talvez até mesmo existisse a questão de senhas fracas ou computadores com trojans, existia uma grande parcela de pessoas que compartilhavam suas senhas, o que eu não faço nem com namorada, nem com o Papa, Jesus, Maomé ou o diabo em pessoa. Senha é pessoal e intransferível, e não confio nem em mim com minhas vinte milhões de senhas e tampouco confiaria na minha própria mãe elas. Já vi muitos amigos do jogo que, depois de brigarem com suas namoradas, ela invadia as contas e faziam o cara perder todos os itens, cartas e afins. Obvio, infantilidade, mas idade nunca é sinônimo de maturidade, sim? Tá cheio de meninas de trinta anos que ainda se vestem de Barbie Girl por aí.

Estou tangenciando o problema todo, antes de chegar na questão atual dos BOTs infinitos que marca o Ragnarok atualmente, provável que ainda demore alguns textos até eu expor a problemática, não estranhem. Mas chego lá.

Com tantos casos de supostos crackings ou hackings a LevelUp entrou em contato e conseguiu um programa que juntava tudo em um: além de ser bem leve, protegia a conexão da pessoa com o servidor e... Combatia os Bots, que na época, já estava começando, porém ainda num tímido início.

Porém, os Bots eram usados pra um outro propósito. Quero salientar que tudo o que escrevo é o que ouvi. Não tenho muitas evidências, exceto por meio de depoimentos. Líderes de clãs fortes da época, hoje extintos usavam de BOTs para evoluir o nível dos clãs, conseguir itens raros e tudo mais. Perdiam normalmente a conta? Ocasionalmente, sim.

Note que: Ragnarok não é um dos jogo dos mais fáceis. Levei três longos pra fazer meu primeiro 99. Porém, é como um MMORPG normal, não tem que ser fácil. Nessa época mais ou menos que acredito que nasceu o Openkore Botting. É um programa que burlava o tal "programinha de proteção" e instalava o Bot na máquina pra ficar evoluindo pra você. Porém como disse, essa atitude não era das mais usadas, pessoas não ligavam tanto, embora o slogan deles seja: "Não gaste seu tempo evoluindo, use o Bot e evolua".

Por incrível que pareça o Ragnarok tinha seus clãs, e pessoas se conheciam online e jogavam. Muita gente nem ligava tanto pra level, pessoas se uniam mesmo pra se divertir. Mesmo os clãs fortes, tinham rotinas de pessoas entrarem numa hora determinada, irem pra uma dungeon forte e evoluir. Não havia essa alastração de Bots, embora fosse bem possível dela ocorrer. Qual foi então o gatilho para, o que vemos hoje acontecer, próximo de vermos o fim do Ragnarok no Brasil?

Tudo começou por volta de agosto de 2007, quando os três servidores, Chaos, Loki e Iris foram mesclados num único servidor: Odin. Continua...

Post Scriptum ~ Talvez estejam perguntando, "o que diacho é isso?" Quero aproveitar que o tema do layout é Ragnarok e expor, principalmente pra quem está fora do universo de Ragnarok, entender o porquê do jogo estar caminhando para seu fim. Tudo isso é com base em análises de alguém que joga desde antes mesmo do início. Percebam como uma tragédia pode ser anunciada, e se algo ruim acontece é porque existiram fatores antes que influenciaram uma certa coisa a ocorrer, como foi a situação atual do Rangarök Online no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog