sexta-feira, 19 de junho de 2009

Valeu, feras!

Semestre terminando. E diga-se de passagem um dos mais tortuosos que já passei. Tecnicamente não terminou ainda, não saíram as notas, mas a fala hoje da professora Dani nos desejando boas férias e dizendo que todos passamos foi algo mais que gratificante. Afinal, quem no começo dizia que não conseguiria, não queria trabalhar com pessoas diferentes, foram os que mais depois vi que se destacaram. Porém, esse não foi o meu caso.


É legal e saudável trabalhar com pessoas diferentes. Eu ao menos adorei o grupo. E fiquei muito feliz desde o começo de estar com pessoas novas, com ares novos, novas maneiras de lidar com pessoas e sair um pouco da prisão muitas vezes que nós mesmos colocamos de não tentar trabalhar com outras pessoas por ás vezes medo bobo e idiota por nossa parte. Já vi gente voltando a formar suas duplinhas ou grupos habituais já nesse fim de semestre, mas particularmente quero aproveitar e trabalhar com se possível cada vez mais pessoas com quem nunca antes trabalhei. Sim, acho que fiquei meio largado, fiquei o cara que "ninguém é dono, mas todo mundo é dono", mas não sou lá muito previsível. Adorei a experiência e quero repetir!

Vi também que muitos exatamente por estarem longe de suas panelas trabalharam - e muito! Coisa mesmo de todos colocarem a mão na massa mesmo, líderes novos despontaram, novas pessoas aprenderam a apresentar e falar em público e acima de tudo acredito que muitos conseguiram acima de tudo mostrar seus potenciais - tudo guardado suas respectivas proporções e talentos.

Alguns viam dizer que tive sorte por cair num grupo "forte". Não acredito nisso, trabalhei com três pessoas mais que competentes (e ainda espero ter alguma chance ainda mais pra frente de repetir o dreamteam) e acredito que quem faz o grupo somos sempre nós. Foi nosso empenho, nosso estilo, nossos valores que por fim deu nos nossos resultados. Se existiu e saiu coisas bacanas é exatamente porque existiu um grupo unido onde todos trabalhavam pelo grupo e para o grupo. E não que eram apenas "fortes", mas sim esforçadas.

Agradeço a chance de ter dividido um rico semestre ao lado de Gabriel Camelo, Cristina Humeki e Pedro Gabriel. Valeu, feras e agora... Férias, porque design é uma coisa que cansa mais que... Sei lá! É incomparável os apuros que passamos. Mas fazer o quê, a gente gosta. No fundo todos designers são corinthianos: bando de sofredores!

E na imagem, todos nós versão South Park. Advinha quem sou eu?

1 comentários:

Cris disse...

também adorei trabalhar com voces. Beijos querido!

Postar um comentário

Arquivos do blog