sábado, 19 de dezembro de 2009

O que ouvi que mais curti de Asian Music este ano

2009! CARALHO! FUI NO SHOW DO DIR EN GREY!! Isso é uma coisa que ainda não acredito.
Essas são algumas coisas curti muito do que ouvi durante o ano. Vamos listar algumas coisinhas muito bacanas que indico!



Flower Butterfly - Jolin Tsai
Admiro a Jolin! É feinha, tadinha, chinesa com cara de prostituta européia. Mas canta e dança com maestria. Só perde pra BoA mesmo. Na verdade ela é quase que uma fusão entre a habilidade de coreografia da BoA com a voz da Ayumi Hamasaki e ainda falando chinês. Esse álbum dela não saiu do meu celular praticamente, e tem umas músicas muito bacanudas. Só não se arrisque a cantar. Mandarim é uma lingua tão difícil quanto português. A Jolin também tem um inglês dos mais impecáveis no oriente, um bom exemplo é o excelente álbum debut americano dela, o "Love Exercise".





Aa, Domo. Hajimemashite. - GReeeeN
Sei que é boyband. Sei que estourou e virou quase que um modinha. Mas essas musicas com um tom de brincadeira, muitas sem sentido algum e esse jeito divertido e cativante dos três dentistas do GReeeeN me cativaram desde a primeira vez que ouvi. Esse álbum é o que mais curti, musicas simples, pop, dançantes, tocantes, enfim. Foi muito bem escolhido, e embora na minha opinião eles não cantem tão bem, são uma banda mais que indicadíssima pra quem curte um j-pop na medida!




BEST SCANDAL - SCANDAL
Tinha tudo pra dar errado. Sem querer ser machista, mas mulheres não sabem fazer rock. Mas cansei de dizer o quanto adoro SCANDAL. Não são as sainhas rodadas - fetiche número um quando se refere às asiáticas - nem os joelhos bem torneados. São músicas boas, que jogam sons eletrônicos, com letras que brincam com fantasia e um pouco até de elementos infantis. As conheci nesse ano, quando estouraram, tanto a ponto de criarem uma abertura de Bleach. Adoro essas donzelas!




GAME - Perfume
É techno, são músicas eletrônicas, de um trio de japonesas de Hiroshima. Talvez seja porque tenham algum cérebro radioativo super bem dotado, pois é um som muito, mas muito empolgante. E não é aquele sonzinho de balada repetitivo. Esse álbum é de 2008, mas as conheci apenas nesse ano. É o tipo de álbum que das doze faixas, você encontra quatorze ótimas aberturas/encerramentos de animes. Bem moderno, bem contemporâneo, gostei muito!



Thùy Chi & M4U Band - Thùy Chi
Bem louco! Cara, é VIETNAMITA! Onde você diria que viria uma música em vietnamita (ou sei lá como se fala aquela língua estranha) e acharia bacana? Sobre vietnamitas só sei que a Austrália tá cheia deles. E olhos puxados. Tirando as piadinhas, a Thùy Chi provável que não tenha nem um pouco de sucesso lá, mas fora do Vietnam é a menina do MySpace talvez mais conhecida de lá. Música doce, ótima pra dormir ouvindo e ficar abraçadinho com quem você mais ama. Que BICHA esse comentário. ¬¬



Shinshoku Dolce - Kanon Wakeshima
A protegida do todo (ou toda) poderoso (ou poderosa! ui!) Mana-sama (ex-Malice Mizer e Moi dix Mois) revelou essa donzela com rostinho de quartoze anos, que fica pequena diante do instrumento que mais toca bem: um gigantesco (comparando com ela, óbvio, a coisa fica gigante) violoncelo. Música muito boa, me lembra o tempo que curtia um rock mais gótico e tal. xD



BoA - BoA
PORRA! ADOREI ESSE! BoA e seu debut nos Estados Unidos. Destaco todas as músicas pois ficou um trabalho muito bom. E não é porque eu adoro essa koreana, mas sim porque o álbum ficou muito bom. Uma coreana fazendo música bem ao estilo negão americano com grande estilo. Talvez o problema sejam os clipes dançantes, mas com a capacidade de dança incríveis da BoA seria chato ver um clipe dela onde ela só canta, aponta pra câmera e faz pose. Adorei!

Bom, ia colocar um Dir en Grey, uma Ayumi Hamasaki, mas embora os tenha ouvi muito, acho que esse ano não foi muito deles. Uma que o Diru lançou álbum foi fim do ano passado, e o último single não me agradou (Hageshisa to, Kono Mune no Naka de Karamitsuita Shakunetsu no Yami) e a Ayu, bem... Esse ano foi marcado por um álbum chamado NEXT LEVEL, que frustrou muitos fãs da japonesa olhuda-peituda número um daquelas bandas...

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog