quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Um sorrisinho dentro do metrô.

Chácara Klabin. Linha verde. O dia havia começado bem, ela tinha me levado até ali perto da estação. Deixei o MP3 no shuffle. A diferença é que eu nunca deixo no shuffle. Mas como o dia estava bom, tinha passado o dia e noite inteiro com ela antes de alguma forma me sentia de uma forma inexplicável.

Mas estava triste. Tinha deixado ela. =(

Quando eu passo por momentos tristes ou complicados eu tento me lembrar de momentos de sensações boas. Não importa se eu não falo mais com a pessoa, se peguei bronca, ou algo do gênero. Tenho uma memória fraca, mas a sensação de felicidade eu nunca esqueço. Mesmo hoje já fazendo mais de um ano que nós terminamos, e ainda quase um ano que nem mesmo nos vemos, mas lembro dessa coisa bacana ainda com um singelo sorrisinho - mesmo hoje não existindo mais nada entre nós.

Então me imagine eufórico de felicidade, esperando o metrô pra descer na Ana Rosa, depois de um fim de semana juntinho com a minha namorada, e do nada começa a tocar "Garota Nacional", do Skank no celular em shuffle! Nem eu sabia que tinha essa música, tampouco imaginava que tocaria ali, naquela hora.

Comecei então a dançar sozinho em plena estação Chácara Klabin. Pra um lado, pro outro, esperando o trem passar. Sensação tão bacana, tão marcante. =) Hoje ao descer no metrô pra ir pro terminal tocou de novo essa música e lembrei disso e... sorri. =)

Lembrei daquela sensação e fiquei muito bem.
Foi bem legal. =D

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog