sábado, 28 de novembro de 2009

Onze Listras em meu Braço Esquerdo



Combinação matadora: faculdade, mais academia mais trabalho. Junte isso a variável do caos chamada "fim de semestre" e você terá como resultado o layout que eu mais demorei pra lançar. Era pra ter lançado em outubro, porém esse foi bem especial. Por se tratar de um assunto tão complicado e chatinho tive que me retirar por esse tempo pra pensar, rascunhar e enfim terminar.

Com esse layout eu enterro de vez os assuntos com relação a isso. Eleven stripes on my left arm ~ Mental Experience.

Se o outro era o ponto de vista de quem por fora viu (esqueceu? clique aqui) esse atual é o que exatamente o que eu vi. As onze listras que carrego no meu braço esquerdo foram resultado de anos de só coisa ruim ter praticamente acontecido - e exatamente o fato de não tê-las superado completamente é o que desencadeou seu trágico ápice final.

Acho que, se estamos subindo uma montanha e um monolito vem em nossa direção (que seria um problema bem grande) não temos que continuar seguindo em frente levando o monolito, pois outros poderão chegar e uma hora você não vai aguentar, e a força deles fará você ir ladeira abaixo.

Não digo que não existam coisas pesadas que carrego até hoje. Mas quando você segura a pedra e joga ela fora você a supera, e não tenta empurrar com a barriga pra frente. Já carrego minhas pedras gigantescas na subida da minha montanha, só não me encham de mais algumas.

E esses problemas desencadeados não os superei. Portanto a coisa se acumulou e resultou nas onze marcas. Número bizarro, contando inclusive a mais profunda e letal. Pretendo em janeiro arrumar e trazer o próximo novo. Me dêem uma folga de layout de blog por hora! Esse eu demorei quase dois meses, uau.

* Provável que eu faça algumas modificaçõeszinhas ao longo do tempo aqui nesse layout.

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivos do blog